Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a proposta do PS de quotas para negros e ciganos nas universidades?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 221 Director: Mário Lopes Sexta, 10 de Maio de 2019
Quatro concelhos dos distritos de Leira e Santarém apresentam duplas candidaturas
Alcobaça, Peniche, Santarém e Torres Novas
à frente nas 7 Maravilhas Doces de Portugal
   
                                         Amigos de Peniche
Das 907 candidaturas às 7 Maravilhas Doces de Portugal®, o júri apurou os 140 doces das finais distritais que vão ser votados pelo público. No distrito de Leiria, apuraram-se Amigos de Peniche, Brisa do Liz, Cavacas da Caldas, Cornucópia de Alcobaça, Esses Peniche , Pão-de-Ló e Pastéis de de Alfeizerão Mós. Do distrito de Santarém, o Júri apurarou os Arrepiados, Bolo de Cabeça, Bons Maridos, Celestes de Santa Clara, Fatias de Tomar, Palha de Abrantes e Pastel de Feijão de Torres Novas.

   O Painel de Especialistas votou segunda vez para identificar os 140 doces nomeados que avançam na eleição das 7 Maravilhas Doces de Portugal®. Agora esta lista foi reduzida a 7 doces por distrito e região autónoma, uma lista final de 140 doces que avançam para votação do público. Este Painel de Especialistas é constituído por 140 personalidades, 7 de cada distrito e regiões autónomas. Recorde-se que a organização recebeu 907 candidaturas, num envolvimento sem precedentes de todo o país.

   “Se existisse uma pastelaria ou confeitaria em Portugal dedicada a confecionar a doçaria portuguesa mais representativa, de maior qualidade e com os sabores que fazem as nossas memórias ou que inovam com produtos da terra, seriam estes 140 doces que encontraríamos nas suas montras”, assegura o presidente das 7 Maravilhas.

   Segundo Luís Segadães, “esta lista e esta eleição permitem valorizar e destacar não só a pastelaria nacional, como as profissões a ela associada. Por isso vamos inclusive desafiar os candidatos à profissão de pasteleiro a criar um doce, com 7 camadas, os 7 sabores mais representativos do nosso país, de forma a estimular a criatividade e o gosto dos jovens cozinheiros por esta área, cada vez mais criativa e desafiante em Portugal. Vai ser um concurso dentro do concurso, em parceria com o Turismo de Portugal, em que esta lista de 140 doces serve de inspiração aos jovens pasteleiros.”

   Estes 140 doces vão ser votados pelo público em 20 programas de daytime, a emitir em direto pela RTP, nos meses de julho e agosto. De cada programa na RTP sai um pré-finalista que passa às semifinais.

    Uma novidade desta edição é a existência de um Grande Júri, órgão de deliberação constituído por 7 figuras do espaço mediático, que será responsável pela da repescagem de 8 candidatos que se irão juntar aos 20 pré-finalistas apurados pelo público, resultando numa lista de 28 pré-finalistas.

    Os 28 pré-finalistas são divididos por sorteio pelas duas semifinais, nos dias 24 e 31 de agosto, dois programas em direto na RTP1, transmitidos em horário nobre. Em cada semifinal são apurados os 7 doces, aqueles que tenham mais votos contabilizados. Nesta fase os 7 elementos do Grande Júri assumem grande preponderância, comentando e provando os Doces.

    A Gala Finalíssima decorre a 7 de setembro de 2019 e será transmitida pela RTP1, em horário nobre. Dos 14 finalistas apurados vão ser eleitos 7 doces pelos portugueses como 7 Maravilhas de Portugal®.

   O Conselho Científico é um órgão constituído para apoiar a Organização do Concurso na elaboração do regulamento, na verificação das candidaturas e nas tomadas de decisão, tendo o objetivo de libertar a Organização de quaisquer tomadas de posição face aos candidatos a concurso, assegurando por isso, a máxima idoneidade, independência e equidistância do processo. As 7 Maravilhas Doces de Portugal® contam com os seguintes membros no Conselho Científico:

ACPP - Associação Cozinheiros Profissionais de Portugal;
AHRESP - Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal;
APN - Associação Portuguesa de Nutrição;
FPCG - Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas;
Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural;
RIPTUR - Rede de Instituições Públicas do Ensino Superior com Cursos na área do Turismo;
Turismo de Portugal – Escolas.

    O projeto conta com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República.

    Todo o processo de eleição é auditado pela empresa internacional de auditores PwC.


Doces apurados do Distrito de Leiria

Amigos de Peniche Peniche
Brisa do Liz Leiria
Cavacas da Caldas Caldas da Rainha
Cornucópia de Alcobaça Alcobaça
Esses Peniche Peniche
Pão-de-Ló de Alfeizerão Alcobaça
Pastéis de Mós Porto de Mós

Doces apurados do Distrito de Santarém

Arrepiados Santarém
Bolo de Cabeça Torres Novas
Bons Maridos Ferreira do Zêzere
Celestes de Santa Clara Santarém
Fatias de Tomar Tomar
Palha de Abrantes Abrantes
Pastel de Feijão de Torres Novas Torres Novas
 
  Sobre as 7 Maravilhas®

A eleição das 7 Maravilhas Doces de Portugal® é a oitava edição realizada desde 2007, com concursos que têm por tema os grandes valores da Identidade Nacional:
7 Maravilhas de Portugal® (Património Histórico), em 2007
7 Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo® (Património Histórico), em 2009
7 Maravilhas Naturais de Portugal®, em 2010
7 Maravilhas da Gastronomia®, em 2011
7 Maravilhas® – Praias de Portugal, em 2012
7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias, em 2017
7 Maravilhas à Mesa®, em 2018

     Fonte: 7maravilhas.pt
10-05-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o