Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem é responsável pelo conflito entre os motoristas e as empresas transportadoras?
Os motoristas
As empresas
O Governo
Outros
Não sei
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Segunda, 15 de Outubro de 2018
ESAD.CR conquista cinco prémios e duas menções honrosas no concurso Sqédio 2018
Politécnico de Leiria destaca-se na competição de solidworks que distingue projetos digitais 3D
  
          Trabalho de Henrique Galinha com Nintendo Switch
A Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR) do Politécnico de Leiria conquistou cinco prémios no Concurso Educacional Sqédio 2018, nas categorias: Melhor Animação, Melhor Imagem, Modelação, Professor e ainda Melhor Instituição, pela qualidade global dos projetos apresentados. Esta competição, dirigida a estudantes de escolas secundárias e superiores, universidades e centros de formação do território nacional, visa distinguir anualmente os melhores projetos digitais, em ambiente 3D, criados com o programa SolidWorks.

   “Buggy todo o terreno” é o nome do projeto de Sílvio Póvoa, estudante em Design Industrial da ESAD.CR, vencedor do primeiro prémio de Melhor Animação, e distinguido com uma menção honrosa no Grande Prémio. Henrique Galinha, estudante do curso técnico superior profissional (TeSP) em Prototipagem Digital e Desenho 3D na ESAD.CR, ganhou o galardão de Melhor Imagem com o projeto “Nintendo Switch”. Na categoria Modelação, Diogo Dias, estudante em Design Industrial da ESAD.CR, arrebatou o primeiro lugar com um conjunto de cinco projetos, ”Quatro personagens, Espada, Mouse, Hand e Bionicle”.

   João Mateus, docente da ESAD.CR, recebeu o prémio Professor, e o docente Sérgio Vieira foi reconhecido com uma menção honrosa na mesma categoria. O prémio Instituição foi atribuído este ano à ESAD.CR do Politécnico de Leiria, tendo em conta a qualidade global dos 16 projetos da Escola enviados para o concurso Sqédio.

   «Estamos muito orgulhosos deste reconhecimento nacional, quer pela valorização dos projetos dos estudantes, do empenho e apoio dos docentes, quer pela distinção da qualidade da formação ministrada na ESAD.CR», salienta João Santos, diretor desta Escola do Politécnico de Leiria. «A inclusão de disciplinas específicas de modelação e visualização digital 3D nos cursos de Design permite que os estudantes ganhem experiência na utilização de ferramentais digitais 3D, cada vez mais imprescindíveis no meio industrial, e que constituem uma mais-valia nas suas carreiras profissionais», realça o diretor.

   A edição deste ano do concurso contou 40 projetos, bem como a participação de 69 estudantes, oriundos de três universidades e quatro institutos politécnicos. A entrega dos galardões do concurso educacional Sqédio 2018 está marcada para o dia 16 de outubro, a partir das 14h30, no Centro de Desenvolvimento Rápido e Sustentado do Produto (CDRsp) do Politécnico de Leiria, na Marinha Grande.

   A Sqédio e a SolidWorks disponibilizam recursos inovadores de ensino e aprendizagem de desenho e simulação a alunos e professores. A Sqédio tem criado parcerias e protocolos educacionais com as mais variadas instituições de ensino universitário, técnico e profissional a nível nacional, tornando o SolidWorks no produto de CAD 3D mais utilizado em Portugal em cadeiras de ensino de desenho técnico, design industrial e projecto mecânico.

   Fonte: Midlandcom
15-10-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
De que matéria se faz esta cidade?
Jorge Mangorrinha
Peso das mochilas não provoca escoliose
Dr. Nuno Neves
Explosão tecnológica abre a porta à inteligência artificial
Joaquim Vitorino
A Guida fugiu com um rapazola ou o pé da Luizinha Carneiro
Fleming de Oliveira
Não se esforce em demasia: dores nos pés podem ser sinal de fasceíte plantar
Drª Fátima Carvalho
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o