Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a exploração de lítio em Portugal?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 226 Director: Mário Lopes Quinta, 31 de Outubro de 2019
Quatro das sete Cidades Criativas que a UNESCO reconhece em Portugal estão na região Centro.
UNESCO reconhece Caldas da Rainha e Leiria como Cidades Criativas
   
            Figuras do imaginário de Rafael Bordalo Pinheiro
O Turismo Centro de Portugal recebeu com grande satisfação o anúncio de que a UNESCO distinguiu Caldas da Rainha e Leiria como integrantes da rede mundial de Cidades Criativas. Caldas da Rainha foi escolhida pelo seu contributo no artesanato e artes populares e Leiria pela música. Estas duas cidades do Centro de Portugal juntam-se assim a outras localidades da região que já integram a restrita lista de Cidades Criativas da UNESCO, nomeadamente Idanha-a-Nova, Cidade Criativa da Música desde 2015, e Óbidos, Cidade Criativa da Literatura também desde há quatro anos.

    “Quatro das sete Cidades Criativas que a UNESCO reconhece no nosso país estão no território do Centro de Portugal, o que diz muito sobre a dinâmica vibrante que se vive nesta região. A música, a literatura, o artesanato e as artes populares são partes integrantes das tradições do Centro de Portugal e da essência de quem por aqui vive. Felicito as Caldas da Rainha e Leiria, como já há quatro anos felicitei Idanha-a-Nova e Óbidos, por mais esta extraordinária e justa distinção”, sublinha Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.
A rede de Cidades Criativas conta agora com 246 cidades em todo o Mundo e com um total de sete cidades em Portugal. Às quatro do Centro de Portugal, juntam-se Braga, Amarante e Barcelos.

   O Centro de Portugal orgulha-se de incluir igualmente no seu território locais e cidades inseridos em outras redes com que a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) distingue sítios de exceção a nível internacional.