Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
As alterações climáticas são uma ameaça real para a humanidade?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 211 Director: Mário Lopes Domingo, 5 de Agosto de 2018
Trabalhos avançam em bom ritmo no concelho
Município cria faixas de gestão de combustíveis numa área de 63 hectares em Pedrógão Grande
  
     Bermas das estradas do concelho estão a ser limpas
Com o objetivo de promover uma eficiente gestão florestal na área geográfica do concelho de Pedrógão Grande, o Município está a proceder à constituição de Faixas de Gestão de Combustíveis numa área de 63 hectares.

   Com a implementação das Faixas de Gestão de Combustíveis o município tem como objetivo primordial isolar potenciais focos de ignição, diminuir a superfície percorrida por grandes incêndios, facilitar uma intervenção direta de combate ao fogo que reduza os efeitos da sua passagem, aumentando a eficiência no combate a incêndios de grande dimensão, protegendo vias de comunicação, infraestruturas e equipamentos sociais, zonas edificadas e povoamentos florestais de valor especial, e sobretudo, diminuindo, desta forma, os riscos para as populações e aumentando a segurança das forças responsáveis pelo combate. Além de salvaguardar as atividades que nela se possam desenvolver e contribuir para a sua sustentabilidade técnica e financeira.

   A obra com um investimento global contratualizado de 113.560,67 euros está a ser levada a efeito pelo Município de Pedrógão Grande nos espaços florestais previamente definidos nos PMDFCI (Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios), todos em área não afetada pelo incêndio de 2017, através de uma empresa especializada contratada para o efeito.

   Os trabalhos que estão a ser realizados preveem o corte de toda a vegetação (matos e herbáceas); correção de densidade do estrato arbóreo, tendo em conta as distâncias entre copas definidas na legislação, preservando as árvores com melhor estado vegetativo, eliminando prioritariamente as árvores decrépitas e doentes, malformadas ou que constituem potencial perigo de queda e/ou obstrução da faixa de circulação rodoviária.

   O proprietário, seu representante ou administrador da propriedade, poderá acompanhar os trabalhos e proceder à recolha dos materiais resultantes das ações de combustíveis. Em caso de impossibilidade, os materiais serão deixados no local durante 15 dias, após os quais, a Câmara Municipal procederá à sua recolha e respetivo depósito em local criado para o efeito.

   Os trabalhos decorrem em bom ritmo, com mais de 50% já concretizados dos 63 hectares previstos.

   Fonte: CMC|CMPG
05-08-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o