Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a legalização da eutanásia?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 225 Director: Mário Lopes Quarta, 2 de Outubro de 2019
Aproveitam dia da Greve Climática
Jovens manifestam preocupação com poluição na Ribeira de Seiça
  
                João Moura recebeu os jovens estudantes
Tal como tinha prometido aos 60 alunos da Escola Básica e Secundária de Ourém, que na sexta-feira, 27 de setembro, vieram à Assembleia Municipal de Ourém apresentar as suas propostas para a despoluição da Ribeira de Seiça, o presidente da AMO, João Moura, deu conhecimento aos deputados municipais sobre a reivindicação destes jovens na sessão ordinária do dia 30 de setembro.

   No dia em que Portugal se mobilizou pelo clima, a 27 de setembro, 60 alunos da Escola Básica e Secundária de Ourém vieram à AMO apresentar as suas ideias para melhorar o ambiente no concelho, mais concretamente na Ribeira de Seiça, na zona junto ao Parque da Cidade António Teixeira.

   Foi com grande entusiasmo que João Moura, presidente da AMO assistiu às apresentações das turmas do 9º D e 9ºE, no âmbito do projeto de autonomia e flexibilidade curricular.

   Além de relatarem o ponto de situação sobre os níveis de poluição na Ribeira de Seiça, o trabalho destes alunos contemplou várias ações, tais como inquéritos às pessoas que vendem ou frequentam o Mercado Municipal Manuel Prazeres Durão; limpeza da Ribeira, recolha de amostras de resíduos e posterior análise laboratorial dos mesmos.
Uma das conclusões retiradas do trabalho elaborado por estes jovens foi que a Ribeira de Seiça, na zona junto ao Mercado, se encontra “extremamente poluída”, e que “contém elevadas quantidades de microplásticos”.

   Os resultados apresentados surpreenderam o presidente da AMO que, além de agradecer o “extraordinário trabalho realizado pelos alunos”, João Moura referiu que este é um tema que lhe é muito próximo, uma vez que foi vereador do pelouro do ambiente na Câmara Municipal de Ourém, reconhecendo “muitos dos problemas aqui denunciados”.

   Estes jovens apresentaram algumas soluções para diminuir os níveis de poluição nesta zona:
- impedir o uso de sacos de plástico no Mercado e substituí-los por outros materiais;
- desenvolver ações de sensibilização ambiental;
- compensar monetariamente as pessoas que mantêm o seu espaço limpo e reciclam o seu lixo;
- colocar ecopontos em vários locais do mercado;
- aumentar a fiscalização da limpeza após o mercado.

    Fonte: AMO
02-10-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Os sete pecados mortais da “Geringonça”
Mário Lopes
OPINIÃO
Feira de São Bernardo, Casal Gregório e arranjos exteriores das antigas escolas primárias de Alcobaça
Carlos Bonifácio
10 cuidados a ter este verão para prevenir infeções nos pés
Dr. Francisco Freitas
Saiba como ganhar dinheiro nas Apostas Desportivas a longo prazo
Por PTAposta
Entenda porque a Bettilt é a melhor Casa de Apostas em Portugal
Por Bettilt
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o