Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
A Linha do Oeste deve ser requalificada?
Até Caldas da Rainha
Até Leiria
Em toda a extensão
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Segunda, 21 de Maio de 2018
ESTM/IPL discute tendências na inovação, qualidade e sustentabilidade dos sistemas alimentares na CISA
Conferência dedicada ao setor agroalimentar junta academia e empresas da área
   No dia 24 de maio, quinta-feira, a partir das 9h45, ocorre na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Politécnico de Leiria (ESTM/IPL), em Peniche, a nona edição da CISA – Conferência de Inovação e Segurança Alimentar, dedicada ao tema “Inovação, qualidade e sustentabilidade dos sistemas alimentares: novas tendências no setor”. Este ano a CISA pretende ser um veículo de disseminação de investigação aplicada e de discussão de temáticas relacionadas com a segurança e inovação alimentar, bem como de promoção da interação entre a academia e os atores do setor alimentar, num evento que reúne cerca de 150 participantes.

   «As empresas do setor alimentar e a comunidade científica têm como principais desafios a melhoria constante da segurança alimentar, da qualidade dos alimentos, e da criação de novos alimentos, visando garantir simultaneamente a saúde e o bem-estar dos consumidores», explica Rui Ganhão, docente da ESTM/IPL e membro da organização da CISA. «A segurança, sustentabilidade e a inovação alimentar impõem por isso uma aproximação integrada e responsável, que se estende da produção ao consumidor, de modo coerente, efetivo e dinâmico», refere o docente.

   Rui Ganhão salienta ainda que «a indústria alimentar tem a responsabilidade de continuar a gerar crescimento e empregos, não esquecendo a sustentabilidade. E para enfrentar este desafio, é necessário formar e interagir com novos técnicos alimentares com formação específica e diferenciada de modo a tornar ainda mais atraente este setor. A nossa Escola está inserida numa região com forte componente empresarial no setor, e temos apostado bastante na área alimentar quanto à oferta formativa».

   Paulo Almeida, diretor da ESTM/IPL profere a sessão de abertura da CISA 2018, às 9h45, que prossegue durante a manhã com painéis dedicados à inovação e qualidade no setor dos vegetais e frutas, desperdício alimentar versus sustentabilidade, ar comprimido e segurança global alimentar, entre outros. No período da tarde, fala-se de fraude alimentar e mostra-se a dicotomia entre inovação e produtos tradicionais. São ainda apresentados três projetos de investigação, oriundos da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar do Politécnico de Leiria, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, e da Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Bragança.

   A CISA 2018 termina com a atribuição de prémios para os autores dos melhores pósteres. Os interessados podem fazer a sua inscrição na conferência até ao dia 20 de maio em https://www.ipleiria.pt/estm.

   No relatório da Confederação Europeia da Indústria Alimentar, FoodDrinkEurope, destaca-se que a indústria alimentar continua a ser o maior setor de produção em termos de volume de negócios, valor acrescentado e emprego, sendo um dos principais motores da economia europeia. Este setor é também uma prioridade das principais organizações governamentais a nível internacional.

   Fonte: Midlandcom
21-05-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
De que matéria se faz esta cidade?
Jorge Mangorrinha
A Guida fugiu com um rapazola ou o pé da Luizinha Carneiro
Fleming de Oliveira
Peso das mochilas não provoca escoliose
Dr. Nuno Neves
Explosão tecnológica abre a porta à inteligência artificial
Joaquim Vitorino
Não se esforce em demasia: dores nos pés podem ser sinal de fasceíte plantar
Drª Fátima Carvalho
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o