Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O Governo deve reconsiderar a construção do Aeroporto da Ota?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 218 Director: Mário Lopes Terça, 1 de Janeiro de 2019
Publicado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos
Batalha, Alcobaça e Marinha Grande lideram
em estudo sobre qualidade da governação local
  
                  Inauguração da Loja do Cidadão da Batalha
A Fundação Francisco Manuel dos Santos publicou um estudo sobre a Qualidade da governação local em Portugal, da autoria de António Tavares e coordenação de Luís de Sousa.

   O estudo avaliou cinco dimensões cruciais para avaliar a qualidade da governação local: participação dos cidadãos e prestação de contas por parte dos seus representantes, estabilidade política, eficácia governamental, acesso aos mercados públicos e regulação da concorrência e observância dos elementares princípios do Estado de Direito na governação local e prevenção da governação ilícita, vulgo corrupção.

   Na primeira dimensão, “Voz dos cidadãos e prestação de contas”, a nível regional, aparecem como líderes os Municípios de Caldas da Rainha, Rio Maior, Santarém, Batalha, Leiria, Ourém, Pombal, Abrantes e Chamusca.

   Por sua vez, na Estabilidade Política, a Batalha é mesmo o único Município líder da região.

   Por sua vez, os Municípios de Alcobaça e Marinha Grande surgem entre os três concelhos a nível nacional que lideram na Eficácia Governamental.

   Na dimensão “Acesso e regulação do Mercado” aparecem como líderes na região os Municípios de Peniche, Lourinhã, Abrantes, Tomar, Constância, Torres Novas, Alcanena, Golegã, azambuja, Salvaterra de Magos, Ansião, Alvaiázere e Figueiró dos Vinhos.

   Na dimensão “Estado de direito e prevenção da corrupção” lideram a nível regional os Municípios de Torres Vedras, Cadaval, Caldas da Rainha, Porto de Mós, Batalha, Leiria, Marinha Grande, Pombal, Torres Novas, Ferreira do Zêzere, Alvaiázere, Abrantes e Constância, Salvaterra de Magos, Benavente e Coruche

   De referir ainda que, no Índice de Qualidade da Governação Local os autores não identificaram qualquer município como líder a nível nacional.

   Estudo disponível na página da Fundação Francisco Manuel dos Santos
01-01-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
O Governo do descaso
Mário Lopes
OPINIÃO
Mudar Alcobaça, mas para melhor
Luís Guerra Rosa
A Hipoteca do Futuro pelos Foguetes do Presente
Tiago Carrão
O novo Programa Estratégico de Reabilitação Urbano (PERU)
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o