Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os espectadores de futebol devem poder regressar aos estádios?
Sim, com restrições
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 237 Director: Mário Lopes Segunda, 12 de Outubro de 2020
Contratos vão ser submetidos ao Tribunal de Contas
Câmara de Alcobaça assina contratos das obras do Pavilhão Multiusos e da ALEB
   
  Assinatura do contrato da empreitada da Zona Empresarial
                                     Responsável da Benedita
Duas das maiores empreitadas de sempre da Câmara Municipal de Alcobaça foram recentemente formalizadas através da assinatura dos respetivos contratos de empreitada. Na quinta-feira, 8 de outubro foi assinado o contrato do futuro Pavilhão Multiusos de Alcobaça (que irá requalificar o complexo do MercoAlcobaça). Na manhã desta segunda-feira, foi a vez da assinatura do contrato da Zona Empresarial Responsável da Benedita (projeto conhecido como a ALEB).

    “São dois projetos seminais, estruturantes, devidamente cofinanciados por fundos comunitários e que integram uma ampla estratégia de regeneração urbana e de valorização do património histórico que estamos a implementar no concelho de Alcobaça. Neste contexto, importa recordar outros projetos de grande dimensão, em curso ou já concluídos, nomeadamente a requalificação da zona envolvente do Tribunal de Alcobaça e das principais avenidas urbanas do concelho (Avenida Prof. Eng. Joaquim Vieira Natividade, em Alcobaça e Avenida Rainha Santa Isabel, Pataias), o Parque Verde da Cidade de Alcobaça, a USF da Benedita, os Centros Escolares de Cela e Turquel, a elevação do Mosteiro de Coz a Monumento Nacional, a requalificação de várias vias rodoviárias do concelho, o saneamento de Vale de Maceira, entre muitos outros. Com este manancial de obra, estamos a promover um verdadeiro upgrade a vários níveis em todo território”, frisa o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça Paulo Inácio.

   Ambos os contratos serão de imediato submetidos ao parecer do Tribunal de Contas.

   Sobre o Pavilhão Multiusos de Alcobaça

 
Assinatura do contrato da empreitada do Pavilhão Multiusos
                                           de Alcobaça
Com um orçamento de 4.5 milhões de euros, o Pavilhão Multiusos na cidade de Alcobaça surge como resposta a duas intenções distintas: a requalificação do MercoAlcobaça e a dotação de um espaço multifuncional que permita a realização de espetáculos, congressos, encontros, conferências, jogos, feiras e exposições, apresentações comerciais, entre outras iniciativas.

   Com uma localização privilegiada junto à entrada norte da cidade, ocupando uma área total de aproximadamente 3ha e com 5000m² de área coberta, o MercoAlcobaça é atualmente o espaço onde se realiza anualmente a Feira de São Bernardo. O projeto visa renovar todo o edifício melhorando as suas condições de conforto e de isolamento térmico e acústico e conferindo-lhe uma nova imagem, mais contemporânea e nobre.

    Para a polivalência e versatilidade do espaço, serão instaladas bancadas amovíveis, libertando área para a realização de feiras, exposições ou espetáculos. Com as bancadas abertas a nave poderá albergar até 2226 lugares sentados, correspondendo a 472 lugares na bancada nascente, 478 na bancada poente e 1276 lugares na plateia, neste número já estão incluídos 16 lugares reservados para pessoas em cadeira de rodas. Com as bancadas recolhidas, a área livre aumentará permitindo a realização de exposições e concertos ou outros eventos com os lugares em pé. Neste caso o número de espectadores poderá ascender aos 5400.
 
    Fonte: GRPP|CMA
12-10-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Estrada Nacional Nº 1
Nuno Catita
Alcobaça e o Futuro
Rui Alexandre
Dever de informar
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o