Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem vai crescer mais nestas eleições autárquicas?
PS
PSD
CDU
CDS
BE
Independentes
Outros
Edição Nº 180 Director: Mário Lopes Domingo, 4 de Outubro de 2015
Unidade de Investigação do IPL coordenou estratégia de desenvolvimento
Projeto de estratégia de desenvolvimento local Terras de Sicó vai receber 4,5 milhões de euros
  
                          Rui Rocha
Ana Lopes, Ana Sargento, Eduarda Fernandes e Jacinta Moreira, docentes do Instituto Politécnico de Leiria (IPL), e investigadoras do Centro de Investigação em Gestão para a Sustentabilidade (CIGS) do IPL, constituíram a equipa que coordenou o projeto “Terras de Sicó – Estratégia de Desenvolvimento Local”, aprovado recentemente pela Comissão de Avaliação de candidaturas ao Desenvolvimento Local de Base Comunitária, e contemplado com perto de 4,5 milhões de euros, no âmbito do quadro comunitário 2014-2020.

   «Foi com bastante agrado que recebemos a notícia que a candidatura do projeto em que nos envolvemos foi aprovada, com uma classificação muito positiva», refere Ana Sargento, coordenadora do CIGS. «A verba que a Associação Terras de Sicó irá gerir no apoio a projetos de desenvolvimento local será certamente determinante para o crescimento dos concelhos que fazem parte da Região de Sicó. Já Ana Lopes, também investigadora do CIGS e coordenadora deste projeto, acrescenta que «agradecemos a oportunidade de contribuir para a melhoria das condições de vida da comunidade que nos é próxima».

   O presidente da direção da Terras de Sicó – Associação de Desenvolvimento, Rui Rocha, presidente de Câmara de Ansião, refere «esta é mais uma excelente oportunidade para aproximar os programas operacionais de financiamento às populações e às suas necessidades mais, nomeadamente para promover emprego e a inovação empresarial e social». A participação e dedicação do IPL foi fundamental em todo o processo de desenvolvimento da estratégia de desenvolvimento local, agora aprovada no âmbito do programa de Desenvolvimento Local de Base Comunitária.

   O trabalho consistiu na elaboração de uma estratégica de desenvolvimento local para o território de Sicó, bem como na definição dos correspondentes programas de ação e de investimentos e modelo de governação. O Desenvolvimento Local de Base Comunitária é um dos instrumentos de financiamento ao desenvolvimento territorial que se encontra previsto no quadro de financiamento europeu, a vigorar entre 2014 e 2020, e que visa promover, em territórios específicos, o desenvolvimento local e a diversificação das economias de base rural e das zonas pesqueiras e costeiras, bem como a inovação social.

   O território “Terras de Sicó” situa-se na Região Centro do País, englobando a totalidade da área dos municípios de Alvaiázere, Ansião, Condeixa-a-Nova, Penela, Pombal e Soure, em torno do maciço da Serra de Sicó, somando uma área total aproximada a 1.500 km2. A Associação Terras de Sicó tem como objetivos estratégicos valorizar as produções de qualidade como alicerces da base económica local, potenciar a ruralidade e a biodiversidade como essência de um espaço de acolhimento, e fortalecer laços sociais e potenciar a cultura urbano-rural.

   Fonte: Midlandcom
04-10-2015
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Comentário de FERNANDO PINHEIRO
06-10-2015 às 23:45
PARABENS!
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
A eleição das meias vitórias
Mário Lopes
OPINIÃO
Tromboembolismo venoso afeta dez milhões em todo o mundo
Drª Celeste Dias
Luaty Beirão
Henrique Neto
“Disciplinados”, os Portugueses foram votar
Joaquim Vitorino
Posição sobre as taxas do Imposto Municipal de Imóveis para 2016 no concelho de Alcobaça
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o