Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O PS merece ter maioria absoluta nas eleições legislativas?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 225 Director: Mário Lopes Terça, 10 de Setembro de 2019
De 22 a 25 de outubro
Festival ART&TUR leva a Torres Vedras os melhores filmes de turismo do mundo
   
      Organizadores do ART&TUR – Festival Internacional
                              de Cinema de Turismo
O Turismo Centro de Portugal, a Câmara Municipal de Torres Vedras e o Centro Portugal Film Commission apresentaram, no dia 9 de setembro, em conferência de imprensa, os principais destaques da edição de 2019 do ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo, que se vai realizar de 22 a 25 de outubro, em Torres Vedras.
 
    Já na sua 12.ª edição, o Festival ART&TUR é um evento ímpar no panorama nacional e internacional dos festivais de cinema, com um prestígio e notoriedade que crescem de ano para ano, tendo este ano 331 filmes a concurso.

    A iniciativa ART&TUR Factory, inserida no programa, levará realizadores internacionais a filmar em territórios de baixa densidade do Centro de Portugal.

   A concurso estarão filmes de turismo provenientes de todo o mundo. Trata-se assim de um grande evento de promoção turística audiovisual, que tem como missão apoiar o marketing de destinos e de produtos turísticos. Devido à sua integração no Comité Internacional dos Festivais de Cinema de Turismo (CIFFT), o ART&TUR é uma das 17 etapas do circuito internacional de festivais em que se decide, anualmente, os dez melhores filmes de turismo do mundo.

   A conferência de imprensa, que teve lugar no Chafariz dos Canos, em Torres Vedras, contou com a presença de Pedro Machado (Presidente do Turismo Centro de Portugal), Carlos Bernardes (Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras), Francisco Dias (Diretor do Festival ART&TUR) e Mariana Castelo Branco (presidente do júri do festival).

    Carlos Bernardes sublinhou, na ocasião, "a relação estreita que vai ser criada entre o festival ART&TUR e o concelho de Torres Vedras". "Uma relação que começa pelo local desta conferência de imprensa, um chafariz medieval que é um belo monumento do século XIV, e que prossegue na ligação do festival ao surf e a Kazuo Dan", disse. "É importante fazermos dos nossos territórios destinos turísticos de excelência e este festival é particularmente atrativo nesse sentido. Torres Vedras tem-se destacado por receber eventos diversificados e este é mais um exemplo", acrescentou.

   "O Centro de Portugal tem como desafio a consolidação do crescimento da região, através da diferenciação e singularidade dos diferentes destinos turísticos das sub-regiões", disse, por sua vez, Pedro Machado. "Hoje há na região uma identidade associada a novos produtos turísticos que se tornam cada vez mais atrativos, chegando a mercados internacionais que não eram habituais. O ART&TUR é um exemplo paradigmático, pela projeção internacional que consegue atingir", frisou. "Faz todo o sentido que este festival seja este ano em Torres Vedras, um território em crescimento a vários níveis, com eventos e produtos diversificados. Vai ser um ART&TUR de referência", disse ainda.

   Francisco Dias destacou o elevado número de filmes a concurso, 331, sendo que mais de metade dos concorrentes vão estar presentes no festival. "Todo o dinheiro investido no festival tem retorno na economia local, tanto a nível de hotelaria como na restauração", recordou. "Estou muito esperançado num festival muito positivo. Em Torres Vedras respira-se criatividade. É uma cidade onde as coisas acontecem", elogiou.

   Duas secções competitivas
 
   O Festival ART&TUR vai exibir filmes que concorrem a duas secções competitivas: a TourFilm, que integra produções audiovisuais de promoção turística, e a DOC, com documentários e programas de televisão.

   Este ano, foram submetidos filmes de 52 países, de todos os continentes. No total, são 331 filmes a concurso: 219 filmes submetidos à competição internacional e 112 filmes submetidos à competição nacional.

   O júri do Festival ART&TUR tem um carácter verdadeiramente global, já que inclui reputados peritos de 15 países e de 4 continentes.

   Os filmes serão exibidos em vários espaços da cidade de Torres Vedras e da praia de Santa Cruz. A entrada é gratuita, mediante inscrição no website do Festival (disponível durante o evento).

   Uma grande novidade é o prémio Escolha do Público / People’s Choice Award, que se estreia na edição deste ano e em que o Festival ART&TUR oferece ao público a oportunidade de decidir prémios. Para este efeito, foi criado um sistema de votação pública, disponível no website do Festival, que permitirá ao público votar nos seus filmes favoritos. A votação está dividida em três categorias: Melhor Filme de Turismo – Competição Internacional; Melhor Filme de Turismo – Competição Nacional; e Melhor Documentário. Os filmes mais votados em cada categoria serão galardoados com o prémio Escolha do Público/People’s Choice Award.

   Mais novidades no programa

    O programa (que pode ser consultado aqui) da 12.ª edição do ART&TUR apresenta muitas novidades em relação aos anteriores, nomeadamente fora das secções competitivas. O festival assume-se assim um evento global, que alarga as suas fronteiras e que extravasa os limites de um festival de cinema.

   Entre as novidades, destaca-se a realização da Conferência Internacional “Marketing Turístico e Gestão de Marcas de Destino”, que vai decorrer durante três dias, em paralelo com a exibição dos filmes a concurso. Organizada numa parceria com o CITUR – Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação em Turismo, apresenta sessões com oradores convidados. “Projetos inovadores e redes de cooperação no audiovisual e na promoção turística”, "O Cinema e o Turismo – dois universos que se cruzam nos mesmos territórios”, “A perceção de marcas de destino turístico – da imagem à lealdade” ou “Estratégias de promoção de marcas de destino” são alguns dos temas estruturantes da conferência.

   Além disso, e porque o festival acontece na região Oeste, haverá uma secção específica para exibição dos Melhores Filmes de Surf ART&TUR 2019, logo no primeiro dia. Esta exibição servirá para homenagear personalidades que contribuíram de modo singular para a promoção internacional do surf da região Oeste: Garrett McNamara, António José Correia e Sérgio Cosme.

   Nesta 12.ª edição do Festival ART&TUR será ainda feita uma sessão de homenagem a Kazuo Dan, com a presença de elementos da embaixada do Japão e de convidados japoneses, em que se incluem cineastas. Kazuo Dan foi um romancista e poeta japonês que escolheu Santa Cruz, em Torres Vedras, para viver, na década de 70 do século XX
 
   Fonte: TCP e AdC
10-09-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Feira de São Bernardo, Casal Gregório e arranjos exteriores das antigas escolas primárias de Alcobaça
Carlos Bonifácio
Saiba como ganhar dinheiro nas Apostas Desportivas a longo prazo
Por PTAposta
10 cuidados a ter este verão para prevenir infeções nos pés
Dr. Francisco Freitas
Entenda porque a Bettilt é a melhor Casa de Apostas em Portugal
Por Bettilt
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o