Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
De momento não existem Sondagens activas.
Ver Sondagens Anteriores
Edição Nº 228 Director: Mário Lopes Terça, 7 de Janeiro de 2020
“Batalha Recicla”
Câmara da Batalha cria programa de “Gestão e Valorização dos Biorresíduos”
    
                                               Buraco Roto
O Município da Batalha preconiza um programa municipal de colaboração com outras entidades para a recolha, tratamento e valorização dos resíduos orgânicos, tendo em vista reduzir a deposição destes materiais nos aterros e implementar a recolha seletiva de biorresíduos.

  Nesse âmbito, por despacho do presidente da Câmara Municipal, Paulo Batista Santos, foi criada uma equipa de projeto para a gestão dos biorresíduos no Município da Batalha - “Batalha Recicla”, com o objetivo de proceder à avaliação das condições ambientais, técnicas e económicas para implementar a recolha seletiva de biorresíduos na área do Município da Batalha, bem assim para acompanhar a nível supramunicipal o desenvolvimento de ações/candidaturas que preconizem um novo modelo de recolha seletiva e compostagem de biorresíduos.

   Para o efeito, a Câmara Municipal da Batalha pretende apresentar uma candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), tendo em vista apoiar investimentos de recolha seletiva e compostagem de biorresíduos, cujo Aviso POSEUR destinado a Investimentos com vista à Valorização de Biorresíduos em Portugal Continental tem uma dotação de 25 milhões de euros.

   Recorde-se que a Estratégia Nacional de Redução de Resíduos Urbanos Biodegradáveis propõe a redução de 63% para 35% da deposição em aterro, seguindo as diretivas da União Europeia quanto à reciclagem de embalagens e aos aterros, sobressaindo a obrigação de recolha seletiva de biorresíduos a partir de 2023.

   Para o sucesso da candidatura e do seu programa de execução, o Município da Batalha pretende criar as condições que assegurem a recolha seletiva de resíduos urbanos biodegradáveis, nomeadamente desenvolver um processo de recolha seletiva de biorresíduos, podendo protocolar com as entidades intermunicipais ou concessionar a realização da atividade da recolha seletiva de biorresíduos de modo a serem entregues para triagem e separação de contaminantes associadas ao respetivo tratamento biológico, contribuindo para assim o cumprimento das metas ambientais concelhias e nacionais.

    O autarca da Batalha, Paulo Batista Santos, recorda que “na sequência da revogação da decisão do Governo que entregava diretamente e sem concurso a gestão dos biorresíduos à empresa EGF, em resultado da ação da ERSAR e do parecer negativo do conselho consultivo da Procuradoria-Geral da República, cabe aos municípios assegurarem a recolha seletiva dos biorresíduos, objetivo ambiental que a Câmara Municipal da Batalha irá garantir e promover um programa sustentável de recolha dos resíduos”.

   Para o efeito, a Câmara Municipal vai articular com as entidades parceiras os serviços de uma viatura de recolha para a remoção hermética dos materiais e de lavagem de contentores; contentores para colocação na rua, com capacidade aproximada de 800 litros, equipados com controlo de acesso e identificador; contentores destinados ao pequeno comércio, com capacidade aproximada de 80 litros, equipados com controlo de acesso e identificador; baldes com capacidade até cinco litros, com controlo de acesso ao contentor da rua, para separação dos resíduos orgânicos nas habitações.

    Para efeitos de recolha e tratamento no âmbito deste programa, nos termos da Diretiva (UE) 2018/851 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 30 de maio de 2018, são considerados os seguintes Biorresíduos: resíduos biodegradáveis de jardins e parques, os resíduos alimentares e de cozinha das habitações, dos escritórios, dos restaurantes, dos grossistas, das cantinas, das unidades de catering e retalho, e os resíduos similares das unidades de transformação de alimentos.
 
    Fonte: MB
07-01-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Casino Online continua a evoluir com a chegada de um novo operador a Portugal
Só a CDU votou contra os Orçamentos 2020 da Câmara e dos Serviços Municipalizados de Alcobaça
Por Luís Crisóstomo e Clementina Henriques
Centro de Negócios de Alcobaça, Feira de São Bernardo e delimitação das novas ARU
Carlos Bonifácio
Mulheres portuguesas, por quem os sinos dobram
Joaquim Vitorino
Miguel Paulo: “É preciso voltar a página no PS em Rio Maior"
Miguel Paulo
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o