Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 215 Director: Mário Lopes Quinta, 22 de Novembro de 2018
Protocolo entre o Instituto Politécnico de Tomar e a Câmara Municipal de Óbidos
Painéis de S. Vicente restaurados estão de volta ao Museu Municipal de Óbidos
  
               Laboratório do Instituto Politécnico de Tomar
Terminou, no dia 6 de novembro, a segunda fase da recuperação do património móvel de Óbidos ao abrigo do protocolo celebrado entre o Instituto Politécnico de Tomar e a Câmara Municipal de Óbidos, com o regresso dos "Painéis de São Vicente", de oficina de Garcia Fernandes, ao acervo do Museu Municipal de Óbidos.

   A intervenção nas seis tábuas referentes ao antigo retábulo da Capela de São Vicente (atual Igreja de São João Baptista/Museu Paroquial) permitiu resolver problemas de união da diferentes tábuas de pintura sobre madeira, através de novos elementos de fixação, na parte de trás, bem como, a retificação das junções e limpeza e consolidação da camada cromática, derivada da progressiva separação das tábuas.

   Este trabalho de conservação preventiva teve lugar em contexto académico, na unidade curricular de CR Aplicada, do Mestrado em Conservação e Restauro do Instituto Politécnico de Tomar, na especialidade de pintura sobre madeira, ministrada pela docente Carla Rego, que teve oportunidade de efetuar uma comunicação inserida no II Simpósio História e Arte na Misericórdia, organizado pela Santa Casa da Misericórdia de Óbidos, com o apoio da Câmara Municipal e da União das Misericórdias Portuguesas, subordinada ao tema “Intervenção de conservação e restauro em contexto pedagógico nos Painéis de S. Vicente”, apresentando, de forma mais explícita, as diferentes fases de intervenção efetuadas nestas obras, propriedade de Santa Casa da Misericórdia de Óbidos.

   No início de 2019, ir-se-á iniciar a terceira fase do protocolo, através de um levantamento sistemático e mais atento do património móvel do concelho de Óbidos, por forma a permitir definir prioridades de intervenção em conjunto entre o Laboratório de Conservação e Restauro do Instituto do Politécnico de Tomar, a Câmara Municipal de Óbidos e as Paróquias de Óbidos.

   Fonte: GCI|CMO
22-11-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o