Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O Governo deve tomar medidas mais enérgicas para conter a pandemia?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 238 Director: Mário Lopes Sábado, 21 de Novembro de 2020
Fundação “la Caixa” financia projeto do ciTechCare
Politécnico de Leiria vai estudar impacto social da prevenção e controlo de infeção de Covid-19
   
     Centro de Inovação em Tecnologias e Cuidados de Saúde
  do Politécnico de Leiria obteve financiamento para o projeto
O ciTechCare – Centro de Inovação em Tecnologias e Cuidados de Saúde do Politécnico de Leiria obteve financiamento para o projeto “O impacto social da Prevenção e Controlo de Infeção nas estruturas residenciais para idosos durante a crise de Covid-19”. Sónia Gonçalves Pereira, investigadora do Politécnico de Leiria, e Catarina dos Santos Marques, estudante de doutoramento, viram o seu projeto ser um dos três selecionados pelo Observatório Social da Fundação “la Caixa”, num concurso que pretende apoiar projetos de investigação que contribuam para obter dados sobre o impacto social da pandemia Covid-19 na sociedade portuguesa.

   Avaliar o impacto social das medidas de Prevenção e Controlo de Infeção, durante a pandemia de Covid-19, em pessoas idosas que vivem em estruturas residenciais é o principal objetivo do estudo. «As medidas de Prevenção e Controlo de Infeção (PCI) são essenciais para prevenir a transmissão de patogénicos, mas impõem um grande grau de confinamento, o qual poderá ter um impacto social substancial», explica Sónia Gonçalves Pereira, investigadora responsável pelo projeto.

  «Antes da Covid-19, as PCI eram apenas restritas às unidades de saúde, e não em todas as suas valências. De um momento para o outro, transbordaram para toda a sociedade, impreparada para as mesmas, como ainda hoje verificamos repetidamente, e perceber o impacto que as mesmas têm na sociedade, a vários níveis, é muito pertinente», afirma a investigadora.

  O estudo surge no seguimento de uma intervenção-piloto "no terreno", liderada em julho por Sónia Gonçalves Pereira, para formação em medidas PCI aos profissionais das Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI). A formação derivou de um trabalho conjunto do Gabinete Económico e Social da Região de Leiria, dos grupos Saúde e Social, que identificaram essa necessidade.

   «Nesta ação apercebi-me ainda melhor das dificuldades de quem, num contexto em que todos nós nos fechámos em casa, teve que continuar a prestar cuidados aos idosos das ERPI, sem formação específica prévia, sem saberem se "estava certo ou errado", que passaram até nalguns casos a dormir lá para minimizar riscos para os idosos, etc.», refere a investigadora do ciTechCare.

   Segundo Sónia Gonçalves Pereira, a intervenção permitiu perceber que os próprios idosos «acharam que tinham sido abandonados pelas famílias e que os filhos tinham deixado de gostar deles». «As medidas PCI provocaram uma grande variedade de impactos nestas pessoas. Daí, agora, o foco deste estudo estar na nossa população mais nobre. Aqueles que nos sustentaram e trouxeram até aqui enquanto sociedade, e por isso merecem agora o nosso máximo esforço para os proteger, em todos os aspetos do que é Ser Humano», defende a investigadora.

   O projeto financiado pelo Observatório Social da Fundação “la Caixa”, pela primeira vez em Portugal, baseia-se na realização de um inquérito junto dos diversos intervenientes das ERPI, desde a organização, a prestação direta de serviços e os utentes, tendo por foco avaliar o impacto social das medidas PCI na organização, na prestação de cuidados, nos idosos e nas suas famílias.

   O inquérito será realizado à distância, com o apoio da Segurança Social de Leiria, que vai fazer chegar a informação e incentivar a participação das ERPI nas suas diversas valências. Os resultados do estudo serão divulgados em maio de 2021.

   «Na candidatura deste projeto ao financiamento importa também reconhecer o contributo da estudante de doutoramento, Catarina dos Santos Marques, que naturalmente estará agora envolvida no seu desenvolvimento. Esperamos, sinceramente, que este estudo permita abrir novos caminhos para se aprofundar o impacto social das medidas PCI e, dessa forma, possam ser definidas algumas ações com o propósito de mitigar as consequências do confinamento. Esse é um dos pilares da ciência: construir conhecimento válido para poder ser aplicado em prol da sociedade», conclui Sónia Gonçalves Pereira.

   Fonte: Midlandcom
21-11-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Proteja-se da COVID-19. Proteja-se da pneumonia
Dr. Paulo Paixão
Iluminação do Parque Verde, passadiços na Baia de S. Martinho do Porto e lotes para habitação
Carlos Bonifácio
Viver com a demência em tempos de COVID: conselhos para quem cuida
Teresa Castanho
Diabetes: um inimigo silencioso
Dr. Manuel Portela
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o