Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Qual será o melhor presidente do PSD?
Rui Rio
Santana Lopes
Outro
Edição Nº 196 Director: Mário Lopes Quinta, 2 de Fevereiro de 2017
Salão Nobre de Óbidos encheu para apresentação do GATO
Gabinete de Ativação do Território de Óbidos quer atrair mais pessoas para o concelho
   Foi apresentado, no dia 26 de janeiro, o GATO - Gabinete de Ativação do Território de Óbidos. A cerimónia teve lugar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, em Óbidos, e contou com a presença do Victor Reis, presidente do Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, e Humberto Marques, presidente da Câmara Municipal de Óbidos.

   Nesta cerimónia, que encheu por completo o Salão Nobre dos Paços do Concelho, foi apresentado o portal na internet do Gabinete de Ativação do Território de Óbidos (GATO), uma plataforma que serve para atrair novos públicos para o concelho, através da apresentação não só dos imóveis que existem para compra, recuperação, ou arrendamento, assim como dos programas disponíveis para apoios à reabilitação urbana.

   Humberto Marques afirmou que a estratégia de Óbidos passa por “criar condições, nas nossas aldeias e vilas, para captar a vinda de jovens, uma vez que a nossa população está muito envelhecida e é preciso continuar a contrariar esta tendência”, acrescentando que “a Câmara Municipal tem executado políticas, na última década, para contrariar o saldo fisiológico negativo”. O presidente da Câmara Municipal de Óbidos garante que “esta estratégia passa pela regeneração urbana como um meio, uma vez que o fim é devolver a qualidade de vidas das comunidades e fixar os jovens”.

   Neste sentido, foram criadas 22 Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) em todo o concelho, onde é possível obter apoios para reabilitar imóveis. No site será possível procurar as delimitações das áreas de reabilitação urbana, os imóveis disponíveis para reabilitar, e ainda os imóveis reabilitados para compra ou arrendamento. Os proprietários podem inscrever-se nesta plataforma, adicionando os seus imóveis, que ficarão disponíveis no mapa para pesquisa.

   Humberto Marques explica que o GATO tem três grandes eixos, que passam por apresentar aos interessados “os apoios financeiros existentes, acelerar todo o processo de licenciamento urbanístico, com prazos mais reduzidos, e benefícios fiscais, como a isenção de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), isenção do Imposto Municipal sobre Transações Onerosas (IMT) e isenção de Taxas de Licenciamento”. Haverá ainda outros benefícios fiscais, como “a isenção de IRC, redução e dedução do IRS e redução do IVA”, explicou o autarca.

   Nesta sessão foi ainda celebrado um protocolo entre o Município de Óbidos e o Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana para o programa “Reabilitar para Arrendar – Habitação Acessível”, que tem como objetivo o financiamento de operações de reabilitação de edifícios com idade igual ou superior a 30 anos, que, após reabilitação, deverão destinar-se predominantemente a fins habitacionais. Estas frações destinam-se a arrendamento em regime de renda condicionada.

   Foi ainda apresentado o IFRRU 2020 – Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas, que é um instrumento financeiro criado no âmbito do Portugal 2020, para apoio à reabilitação e revitalização urbanas, incluindo a promoção da eficiência energética, em complementaridade, na reabilitação de habitação para particulares. Os apoios são concedidos através de produtos financeiros, criados especificamente para este efeito pela banca comercial, a disponibilizar com condições mais favoráveis do que as condições de mercado, sendo cofinanciáveis apenas às áreas de reabilitação urbana.

   Para Ana Abrunhosa, presidente da CCDRC – Centro de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, “Óbidos tem dado muito trabalho, no sentido em que é sempre criativo e a criatividade tem destas coisas, pois no início nem sempre entendemos”. “Mas Óbidos tem outra caraterística, para além de criativo é teimoso, o que faz muito bem”, sublinhou a responsável, acrescentando que “este é o seu papel”. Ana Abrunhosa revelou ainda que “o presidente da Câmara deu-nos tanto trabalho, mas ajudou a clarificar. Obrigou-nos a repensar as coisas, e bem, e até no IFRRU teve impacto. Teve impacto no relacionamento com a autoridade de gestão e teve impacto nas regras do IFRRU”, confessou.

   No portal do Gabinete de Ativação do Território (www.gatobidos.com) terá acesso a todas as informações necessárias, nomeadamente que imóveis existem para reabilitar, comprar, ou arrendar e que tipo de apoios poderá ter para fazer estas operações. Um “facilitador da vida” dos munícipes e de todos aqueles que queiram vir para o concelho de Óbidos.

   Como explicou Humberto Marques, o Portal estará online muito em breve, em português e inglês, tendo sido apresentado, nesta fase, para recolha de contributos, tendo sido indicado o email info@gatobidos.com para a sua apresentação, assim como de pedidos de mais informações. A equipa técnica está, neste momento, a fazer a recolha de todos os imóveis existentes nas 22 ARU do concelho para que possam ser apresentados no portal, com o respetivo mapa de localização e fotografias, para além de outras informações essenciais a todo o processo.

   Fonte: GCD|CMO
02-02-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Obama,the troubleshouter. Trump, the troublemaker
Mário Lopes
OPINIÃO
As pedras não nos traem
Jorge Mangorrinha
"Um Oeste para Jovens?"
Gonçalo Silva
Alzheimer e outras demências: como lidar com as alterações cognitivas e comportamentais
Drª Margarida Rebolo
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o