Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 214 Director: Mário Lopes Terça, 6 de Novembro de 2018
No centenário do Armistício
Memorial aos Combatentes Portomosenses na I Guerra Mundial inaugurado em Porto de Mós
  
                                          Colóquio
No dia 3 de novembro, Porto de Mós assistiu às Comemorações dos 100 Anos do Fim da I Guerra Mundial (1914 – 1918) com um programa que decorreu durante todo o dia.

   A manhã iniciou com a inauguração da Exposição “Memórias de Porto de Mós na I Guerra Mundial”, presidida pelo vice-presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Eduardo Amaral.

   A exposição estará patente no Cineteatro de Porto de Mós de 3 a 30 de novembro e inclui vários expositores do Museu Militar de Lisboa – Direção de História e Cultura Militar, objetos e documentos do Museu e do Arquivo Municipal de Porto de Mós, registos fotográficos e manuscritos, cedidos pelos familiares dos combatentes e, ainda, um documentário com relatos de guerra e comentários.

   De seguida deu-se início ao colóquio com o tema “A Grande Guerra”, presidido pela presidente da Assembleia Municipal de Porto de Mós, Clarisse Louro e moderado pelo subdiretor do Centro de História da Universidade de Lisboa, Prof. Doutor José Varandas.

   A manhã encerrou com a apresentação do livro “Combatentes Portomosenses na I Guerra Mundial (1914-1918)”, uma compilação dos portomosenses que lutaram na I Grande Guerra, com registo de documentos e fotografias. A obra foi apresentada pelo vereador da Cultura, Eduardo Amaral, e pela técnica do Museu Municipal, Luísa Machado.

   Seguiu-se a Inauguração do Memorial aos Combatentes Portomosenses na I Guerra Mundial (1914-1918), no Largo João Filipe Guerra, ao início da tarde, onde constam os nomes de todos os portomosenses que lutaram neste conflito.

   A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Porto de Mós, Jorge Vala, do Major Silvino Damásio Ferreira, em representação do presidente da Liga dos Combatentes, do Major Carlos Emanuel Saraiva Laurance, em representação do comandante do Regimento de Artilharia Nº4, do diretor da Direção de História e Cultura Militar, major-general Aníbal Flambó e do sargento-ajudante da Armada, José Conteiro.

   Após esta cerimónia iniciou-se o segundo painel de oradores do colóquio que encerrou com a apresentação do filme “Soldado Milhões”, cujo enquadramento foi apresentado pelo diretor da Direção de História e Cultura Militar, major-general Aníbal Flambó.

   Fonte: GC|CMPM
06-11-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o