Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 214 Director: Mário Lopes Quarta, 17 de Outubro de 2018
Terceiro e último dia do Encontro Internacional de Negócios será dedicado à visita a empresas
Segundo dia do Nersant Business chegou
às 1026 reuniões de negócio
  
               Reunião bilateral do Nersant Business 2018
O Nersant Business 2018 terminou a fase de reuniões de negócio com um total de 1026. O evento finaliza esta quarta-feira com visitas às empresas portuguesas que participaram no encontro de negócios. A edição deste ano reúne cerca de 200 empresários e delegações de 38 países. O forum internacional de negócios é uma das maiores mostras de networkig em Portugal. Tem um cariz muito pragmático, focado no encontro entre empresários e na concretização de negócios, com o objetivo de promover as exportações e atrair investimento estrangeiro para o Ribatejo. São vários os empresários que destacam o potencial do evento.

   Pedro Guedes, em representação da marca Global, de Rio Maior, recorda que conheceu “uma das empresas que represento hoje em dia – a Quintinha da Aldeia, na edição de 2014 do Nersant Business. Hoje somos efetivamente distribuidores dessa empresa. Desde essa altura que vi o potencial que o Nersant Business tem para alavancar e alargar as oportunidades de negócio das marcas e produtores portugueses a outros – diversos – países". Por sua vez, Alexandre Gaspar, da empresa de vinhos Quinta do Arrobe, situada em Casével, lembra que já ganhou “dois clientes e acreditamos que a Nersant nos pode ajudar a chegar mais longe, daí continuarmos a apostar na presença no evento".

   Beatriz Caseiro, em representação da Vineves, uma empresa de Fátima na área dos azeites, destaca que "o maior benefício deste evento é o facto de termos a oportunidade de reunir com países que à partida não investiríamos, mas depois acaba por se proporcionar. Foi o que aconteceu hoje com Marrocos e Argentina". Com um bom relacionamento com o mercado europeu, África Ocidental e com o continente americano, José António Vidais confidencia que o Nersant Business tem sido uma alternativa para procurar novos mercados. "Aquilo que fazemos neste evento é potenciar outros mercados e outras oportunidades. Devo dizer que ainda o ano passado comecei um negócio aqui com um cliente em Moçambique, que foi posteriormente terminado", revelou.

   “O Nersant Business é já uma marca de prestígio. O crescimento alcançado nos últimos anos demonstra isso mesmo. Basta recordar que na primeira edição, em 2012, recebemos delegações de seis países. Este ano recebemos empresários de 38 países, de todas as geografias. Esta procura também dignifica a excelência das empresas do Ribatejo e de Portugal, que têm sabido procurar caminhos alternativos, investindo na internacionalização do seu negócio e na procura de novos mercados”, afirma Maria Salomé Rafael, Presidente da Direção da Nersant.

   Estão presentes delegações estrangeiras de 38 países: Alemanha, África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Bósnia, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, Colômbia, Emiratos Árabes Unidos, Equador, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Holanda, Hong Kong, Hungria, Índia, Irão, Lituânia, Marrocos, México, Moçambique, Namíbia, Paraguai, Peru, Polónia, Qatar, Reino Unido, República Checa, Roménia, São Tomé e Príncipe, Senegal, Sérvia e Tunísia.

  
       1026 reuniões reuniram empresários de 38 países
São muitos os setores de atividade que estão representados, com destaque para a agroindústria, comércio de produtos agroalimentares e bebidas, construção civil e obras públicas, materiais de construção, energias renováveis/alternativas, metalomecânica, transportes e logística, tecnologias da informação e da comunicação (TIC), entre outros.

   O Nersant Business permite que cada um dos empresários portugueses que participam no evento possa reunir no mesmo espaço com empresários estrangeiros, com o objetivo de apresentar a sua empresa, o seu negócio, produto ou serviço e daí obter mais-valias comerciais. Há um trabalho prévio por parte da Nersant no sentido de elaborar um calendário de reuniões B2B para cada um dos participantes e de acordo com os seus objetivos específicos, e que se realizarão nos primeiros dois dias do evento (15 e 16 de outubro). O terceiro dia (17 de outubro) é dedicado a visitas às empresas portuguess participantes. No ano passado foram realizadas mais de 1000 reuniões de negócios.

   O Nersant Business tem como objetivos proporcionar a realização de negócios entre os empresários ribatejanos e de todo o país com os empresários estrangeiros, promover a internacionalização das empresas e dar a conhecer aos investidores presentes as potencialidades do Ribatejo, nomeadamente as infraestruturas de acolhimento existentes, entre as quais se incluem Centros Tecnológicos, cinco novos Parques de Negócios e escolas profissionais que trabalham em cooperação com empresas e instituições de ensino superior.

   Esta é a 7ª edição do Nersant Business, que tem, ao longo dos anos, obtido um crescimento assinalável. É uma iniciativa desenvolvida no âmbito do projeto Ribatejo Global, aprovado pelo Compete 2020 no âmbito do SIAC e financiado pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

   Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no portal oficial www.business.nersant.pt.
17-10-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o