Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Como classifica o nível da pandemia em Portugal?
Normal que haja surtos pontuais
Anormal e a culpa é do Governo
Anormal e a culpa é do comportamento das pessoas
Não sei
Edição Nº 233 Director: Mário Lopes Sábado, 6 de Junho de 2020
Guia do Turismo Espiritual e Religioso é lançado sábado
Turismo do Centro lança em Fátima estratégia para os Caminhos da Fé e da Espiritualidade
   
   “Chegou o tempo dos Caminhos da Fé e dos Caminhos
     da Espiritualidade”, disse Pedro Machado em Fátima
O Turismo Centro de Portugal apresentou esta sexta-feira, dia 5 de junho, em conferência de imprensa na cidade de Fátima, a estratégia de promoção dos Caminhos da Fé e Espiritualidade no Centro de Portugal. Este é um produto em que a entidade regional de turismo aposta de forma decisiva este ano e que tem conquistado importância crescente na região. Além do Culto Mariano, cujo expoente máximo é Fátima, outros locais de culto e peregrinação têm ganho destaque, nomeadamente os Caminhos de Fátima, o Caminho de Santiago, a Rota Carmelita ou a Herança Judaica.

   Na conferência de imprensa, que decorreu nas Luz Charming Houses, unidade de referência em Fátima, foram apresentados novos materiais promocionais, como mapas e roteiros, que indicam aos turistas e peregrinos os locais a visitar no Centro de Portugal. Além disso, foi também apresentado o Guia do Turismo Espiritual e Religioso, que será publicado este sábado, inserido num semanário nacional, e destacada a estratégia transfronteiriça comum de promoção do Turismo Religioso e Espiritual, entre regiões de Portugal e Espanha.

   A apresentação contou com as presenças de Luís Albuquerque, presidente da Câmara Municipal de Ourém, Padre Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, Teresa Ferreira, diretora do Departamento de Desenvolvimento de Recursos do Turismo de Portugal, e Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

   Luís Albuquerque destacou o facto de este conjunto de materiais promocionais serem “um bom contributo para o desenvolvimento de Fátima e para a retoma que todos queremos que possa acontecer o mais rapidamente possível”. “É com enorme satisfação que verifico que o Turismo do Centro considera o turismo religioso como pilar fundamental para os próximos anos na nossa região, reconhecendo que Fátima é um produto turístico estratégico nacional”, disse.

  
  Pedro Machado, Teresa Ferreira, Luís Miguel Albuquerque
                          e padre Carlos Cabecinhas
Por parte do Santuário de Fátima, o padre Carlos Cabecinhas elogiou a aposta no turismo religioso e espiritual que tem sido “uma das marcas características do turismo no Centro de Portugal”. “O crescimento exponencial do turismo em Portugal nos últimos anos contou também com contributo desta vertente espiritual e religiosa. Esta foi uma aposta estratégica do Turismo do Centro de Portugal, o que muito nos alegra, e nesse contexto Fátima ocupa um lugar especial, por ser o mais significativo e importante destino de turismo religioso português. A variedade de peregrinos que em cada ano acorrem a Fátima comprovam que este é de facto um santuário mundialmente conhecido”, sublinhou.

   Teresa Ferreira realçou que “os Caminhos da Fé, desmultiplicados nos Caminhos de Fátima, Caminhos de Santiago e a Herança Judaica, são estruturantes para o desenvolvimento turístico do país, porque é um produto que assenta em ativos que nos diferenciam, tanto no património material como do património imaterial e natural, tem uma escala nacional e é uma proposta de experiência turística que pode ser usufruída durante todo o ano, permitindo descobrir muitos percursos e recantos deste país”.

    “Além disso”, acrescentou, “também é particularmente importante porque está alinhado com aquilo que vão ser as tendências dos turistas, que após este período de pandemia vão procurar experiências de valorização pessoal, experiências seguras e que sejam alternativas a destinos mais massificados”.

  Pedro Machado salientou que, na sequência da campanha promocional da região que o Turismo Centro de Portugal tem em curso, “chegou o tempo dos Caminhos da Fé e dos Caminhos da Espiritualidade”. “Entendemos que este é o tempo de apelamos a esta dimensão da fruição turística associada à sua dimensão espiritual e à sua dimensão religiosa”, disse.

  
              Materiais promocionais do Turismo do Centro
Depois de enaltecer o Turismo de Portugal e as entidades parceiras na divulgação dos projetos comuns de Turismo Religioso, exemplificando com organizações regionais de turismo em Portugal – Alentejo, Porto e Norte e Lisboa – e Espanha, como Extremadura, Castela e Leão e Galiza, Pedro Machado desafiou os portugueses a conhecerem os destinos hoje presentados: “Desafio os portugueses que não tinham pensado em realizar uma experiência de natureza espiritual ou religiosa a poderem fazê-lo, com pouco custo do ponto de vista material mas cheio de significado do ponto de vista da dimensão espiritual e da dimensão ética”.

  A finalizar, Pedro Machado deixou um “apelo patriótico aos concidadãos”: “Façam férias em Portugal, e naturalmente no Centro de Portugal, e ajudem assim as empresas portuguesas a resistir e a ultrapassar esta fase difícil”.

  Sobre o Turismo Centro de Portugal:

    O Turismo Centro de Portugal é a entidade que estrutura e promove o turismo na Região Centro do país. Esta é a maior e mais diversificada área turística nacional, abrangendo 100 municípios, e tem registado um intenso crescimento da procura interna e externa. É a região a escolher para quem pretende experiências diversificadas, pois concilia locais Património da Humanidade com a melhor costa de surf da Europa, termas e spas idílicos, locais de culto de importância mundial e as mais belas aldeias.

   Fonte: TCP e AdC
06-06-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Estatuária, Memória e Democracia
Leonor Carvalho