Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Qual será o melhor presidente do PSD?
Rui Rio
Santana Lopes
Outro
Edição Nº 196 Director: Mário Lopes Segunda, 13 de Fevereiro de 2017
Do Atelier Modo
Arquitetos defendem Aeroporto do Tejo
na Base Aérea de Tancos
  
                          Maqueta do Aeroporto do Tejo
No momento em que os autarcas do Médio Tejo defendem a reabertura da Base Militar Aérea de Tancos, os arquitetos do Atelier Modo, com sede no Sardoal, imaginaram o alargamento dessa infraestrutura à utilização civil e comercial e conceberam um primeiro esboço do que seria o “Aeroporto do Tejo”. A ideia de um aeroporto civil e comercial em Tancos a que os arquitetos do Modo dão agora forma é apresentada na plataforma modoarquitectos.blogspot.pt.

   Este espaço de “ideias e diálogos” que “partem da proximidade e das referências dos lugares onde habitamos e vivemos”, no Médio Tejo, lançado agora pela empresa do Sardoal, pretende ser um sítio de “valorização do pensamento através da Arquitetura.” Aqui podem futuramente encontrar-se “visões para o território e para a região como primeiros passos para a construção de novas e transformadoras realidades”, assim refere Rui Serrano, um dos sócios do projeto Modo, a que se juntam os arquitetos Pedro Costa e Ana Barral.

   O aeroporto civil e de transporte de mercadorias em Tancos “seria uma forma inevitável e óbvia de alavancar a dinâmica económica de toda região Centro do país, especialmente no Médio Tejo ”, mas a implantação desta infraestrutura em Vila Nova da Barquinha representa sobretudo, para os arquitetos que a colocaram no papel, “a redefinição de um território mais vasto”.

   “A centralidade geográfica de Tancos (fica apenas a 40 minutos do centro geodésico de Portugal, em Vila de Rei), mas especialmente a proximidade com o nó ferroviário central do Entroncamento, com o suporte relevante da rede de autoestradas e itinerários principais (A13 e A23, sendo que a A23 fica apenas a 200 metros), mas também a plataforma logística em Riachos”, são condições que estes arquitetos consideram “privilegiadas e auxiliadoras” da fixação do aeroporto em Tancos.

   Eixo estratégico: Tancos - Entroncamento


  
                        Vista aérea virtual do futuro aeroporto
O facto da Estação Ferroviária do Entroncamento, e das ligações nacionais e internacionais que facilita, ficar apenas a seis quilómetros do Aeroporto do Tejo é a situação a que os arquitetos recorrem em primeiro lugar, para sustentar esta ideia e argumentar sobre “o potencial de concretização real deste projeto”.
Começam pelo entreposto de transporte de mercadorias que podia estabelecer-se entre Tancos e Entroncamento/Riachos, “plataforma importante de incentivo e apoio às empresas e indústrias da região, como é o caso das que operam no setor automóvel, dos curtumes e têxteis, da exploração florestal, da madeira, do mobiliário e do papel, algumas delas com elevada penetração no mercado internacional”.

   Os arquitetos lembram ainda a componente habitacional que se desenvolve à volta da Estação Ferroviária do Entroncamento, pela proximidade e ligação direta à capital portuguesa, “fator a considerar e integrar na dinâmica que o Aeroporto do Tejo traria a este universo”.

   A empresa de arquitetura Modo, constatando o significativo crescimento do Turismo em Portugal, “encontra nesse dado mais uma razão de peso para a instalação do aeroporto em Tancos”. Recordam que Fátima, onde se esperam este ano oito milhões de visitantes, fica a 20 minutos de distância. A Rede do Património Mundial da Humanidade da Unesco encontra-se maioritariamente no Centro do país, como é caso do Convento de Cristo, em Tomar, do Mosteiro de Alcobaça, do Mosteiro da Batalha e da Universidade de Coimbra. Mais perto ainda se encontra também o Castelo de Almourol. Os arquitetos estimam que o investimento na reabilitação e criação da infraestrutura seria de 18 milhões de euros.
13-02-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Obama,the troubleshouter. Trump, the troublemaker
Mário Lopes
OPINIÃO
As pedras não nos traem
Jorge Mangorrinha
"Um Oeste para Jovens?"
Gonçalo Silva
Alzheimer e outras demências: como lidar com as alterações cognitivas e comportamentais
Drª Margarida Rebolo
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o