Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Lei deve proibir parentes de serem membros do mesmo Governo?
Sim, sempre
Não, critério deve ser a competênca
Não, mas deve haver limites
Não sei / talvez
Edição Nº 219 Director: Mário Lopes Sábado, 9 de Fevereiro de 2019
Aprovado por unanimidade em reunião de Câmara
PSD de Tomar propõe regulamento para fixação e atração de investimento e criação de emprego
  
             Conferência de imprensa do PSD de Tomar
A Comissão Política de Secção do PSD de Tomar realizou no dia 4 de fevereiro uma conferência de imprensa, na qual estiveram também presentes os vereadores do PSD na Câmara Municipal de Tomar MT.

   O Partido Social Democrata desde há muito que tem manifestado a sua preocupação pelo que considera ausência de uma estratégia de captação de investimento e de criação de incentivos às empresas. “A realidade é que raramente se ouve os autarcas da governação camarária socialista falar de empresas, de empreendedorismo, de comércio ou de serviços. E quando o fazem é apenas para anunciar possíveis investimentos no Parque Empresarial de Tomar e até hoje, nada”, referem.

   Por isso, o PSD apresentou em reunião de Câmara uma proposta para a elaboração de um regulamento de incentivo ao investimento, em março de 2018.

   Apesar da sua aprovação, passados largos meses nada se concretizou do lado do Município e o PSD tomou assim a iniciativa de elaborar o Regulamento para a Fixação e Atração de Investimento Privado e Criação de Emprego, aprovado por unanimidade em reunião de Câmara a 4 de fevereiro de 2019.

   O PSD na CMT espera agora para ver se o ímpeto demonstrado por si serve de facto para alterar o que considera “a inércia e a passividade nesta matéria da atual governação camarária.”

   Na conferência de imprensa, coube ao vereador Luís Ramos apresentar o referido regulamento, que se trata de um documento que define um conjunto de incentivos ao investimento privado no concelho, que vão desde a isenção (total ou parcial) de taxas municipais, benefícios fiscais, bonificação do preço de cedência de terrenos, aconselhamento e apoio técnico e disponibilização de recursos e infraestruturas municipais.

   Na oportunidade, Lurdes Ferromau Fernandes, presidente do PSD de Tomar, abordou também a estagnação do Parque Empresarial, nomeadamente de uma candidatura aprovada desde o 1º semestre de 2018 no valor de 2,8 milhões de euros para dinamização do Parque Empresarial, mas que até hoje não passou do papel.

   Foram também tecidas acusações à atuação da gestão municipal de falta de transparência, desconhecendo-se o que realmente se passa com os processos em curso.

   Nas palavras da líder do PSD de Tomar, tudo isto levar a crer que se deve “a uma falta de ambição, falta de visão estratégica, falta de competência ou falta de vontade política”.
09-02-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Quebrar a confiança
Luís Guerra Rosa
Morte de peixes no Rio Alcoa e encerramento de balcão bancário em São Martinho do Porto
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o