Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os espectadores de futebol devem poder regressar aos estádios?
Sim, com restrições
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 236 Director: Mário Lopes Sábado, 5 de Setembro de 2020
Olaria da Bajouca vai estar ao vivo na Rua Direita este fim de semana
Projeto “Viva a Rua Direita” vai revitalizar
rua tradicional do centro histórico de Leiria
   
                                            Rua Direita de Leiria
O projeto Viva a Rua Direita vai ser apresentado oficialmente no dia 10 de setembro, quinta-feira, pelas 18h00, no pátio da Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, em Leiria.
O principal objetivo do projeto é a promoção e revitalização da Rua Barão de Viamonte, uma das principais artérias do centro histórico de Leiria, que ainda hoje é considerada um espaço privilegiado para a implantação do comércio tradicional da cidade, beneficiando da sua localização central e de grande riqueza histórica.

   O projeto Viva a Rua Direita arrancou com a colocação de iluminação adicional ao longo da rua, adornada por bandos de corvos, o símbolo da cidade de Leiria. Além disso, foi também ali colocado um mural ilustrado com os principais pontos de atração da Rua Direita, que pretende ser um espaço em constante evolução, dedicado à intervenção artística livre por parte da população.

    Na sessão de apresentação vão ser revelados os principais pontos de intervenção previstos no projeto, que visam atrair mais vida para esta Rua.

   Olaria da Bajouca ao vivo na Rua Direita ao fim de semana

  
  Arte da olaria da Bajouca na Rua Barão
              de Viamonte (Rua Direita)
A arte da olaria da Bajouca vai instalar-se na Praça Eça de Queiroz, na Rua Barão de Viamonte (Rua Direita), nos fins de semana de setembro, com a presença de artesãos a trabalhar ao vivo acompanhados musicalmente por alunos da SAMP.
As sessões decorrem ao sábado, entre as 15:00 e as 22:00, e ao domingo, entre as 15:00 e as 20:00, sendo dada oportunidade aos visitantes de porem à prova as suas capacidades para o manuseamento e moldagem do barro.

   Esta é uma iniciativa conjunta do Município e da ABAD – Associação Bajouquense para o Desenvolvimento e resulta da adesão de Leiria à Associação Portuguesa de Cidades e Vilas de Cerâmica – APTCVC, tendo como objetivo a promoção de uma das mais marcantes manifestações do artesanato no concelho de Leiria, no sentido de promover o nosso barro, partilhar o saber-fazer, valorizar este ofício e evidenciar o seu potencial para a sustentabilidade económica e social.

   Esta Associação integra oficialmente o AeuCC - Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial de Cidades Cerâmicas, um projeto de cooperação e de intercâmbio com o objetivo de valorizar a cerâmica, no quadro das novas políticas europeias para os territórios.

   Fazer parte desta Rede é, também, potenciar sinergias com cerca de 130 cidades europeias com vista à divulgação deste património cerâmico em projetos e dinâmicas de valorização nacionais e internacionais.

   No caso da Bajouca, importa realçar uma arte mas também uma geração de artesão que continuam a dar vida a uma tradição centenária.

    Do barro e das mãos sábias dos oleiros, o girar da roda é melodia. E desta simbiose parece ecoar um lamento, um choro e uma esperança. Ver os nossos artesãos a trabalhar o barro é experienciarmos uma arte milenar que teimam em preservar e coloca-nos em presença de um dos mais importantes elementos identitários da nossa região - a arte popular oleira.
 
   Fonte: GRPG|CML
05-09-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Dia Mundial do Coração
Dr. Luís Negrão
Como se preparar para as pandemias pós-pandemia: riscos para a saúde da visão
Dr. Raúl de Sousa
Hepatites crónicas e a importância do diagnóstico precoce
DR. Arsénio Santos
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o