Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O coronavírus COVID-19 vai tornar-se um problema grave em Portugal?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 230 Director: Mário Lopes Sábado, 21 de Março de 2020
Apenas 41% está em condições de executar tarefas remotamente
COVID-19 pode provocar perdas nas PME
de 47 mil milhões em 3 meses
  
       Evolução do PSI 20 nos últimos 10 anos (Fonte: Bolsa.pt)
A Fixando estima que as perdas das PME portuguesas para os próximos 3 meses possa rondar os 47 mil milhões de euros, o correspondente a uma perda de vendas superior a 80%, revela o seu inquérito “Estarão os Negócios dos Portugueses Preparados para o Covid-19?”, realizado esta semana junto de 20.000 empresas.

  “Segundo os últimos dados disponibilizados pela Pordata, o volume de negócios das PME em 2018 foi de €238,5 mil milhões, aproximadamente €19,8 mil milhões por mês. Se o país parar durante 3 meses e perda de negócios for superior a 80% como revela o inquérito, podemos apontar para uma perda total a rondar os €47,7 mil milhões para as PME”, explica Miguel Mascarenhas, CEO da Fixando.

  As conclusões do inquérito da maior plataforma nacional para a contratação de serviços locais, adiantam ainda que as perdas diárias podem ser superiores a €500 para 9% das empresas, embora a grande indique perdas entre €50 e €100 por dia.
Quanto ao valor que se estima perder só no mês de março, 27% das empresas adianta que esse valor poderá situar-se entre os €500 e os €1.000, enquanto apenas 1% se situa em perdas entre €4.500 e €5.000.

  É percebido ainda no estudo que apenas o negócio de 41% dos inquiridos será capaz de se adaptar ao teletrabalho.

   Medidas partilhadas para inverter quebra:

- recorrer a linhas de crédito para cobrir custos fixos
- Instalar medidas de segurança/desinfeção
- adquirir APP online para lecionar à distância
- reforçar marketing online - social media - para aumentar rede de clientes

    Sobre a Fixando

    A Fixando é a plataforma online de origem portuguesa que facilita a contratação de serviços locais.

Opera desde 2017 em Portugal através da sua plataforma web e mobile, bem como da sua APP, e ajuda os utilizadores a simplificar o processo de contratação de um determinado serviço, quer se trate da contratação de um Eletricista, um profissional de Remodelações, um serviço de Catering, um Fotógrafo ou um Contabilista. Existem mais de 1.200 categorias de serviços disponíveis.
 
    Fonte: PMO
21-03-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Aprender a viver com o coronavírus
Mário Lopes
As doenças raras em Portugal e o papel da Medicina Interna
Dr. Paulo Castro Chaves
Em Portugal, ser raro… não é raro
Dr. Joaquim Brites
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o