Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a legalização da eutanásia?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 225 Director: Mário Lopes Segunda, 16 de Setembro de 2019
Hugo Oliveira, presidente da Distrital de Leiria do PSD
“A economia parece estar muito brilhante mas na realidade não vemos os efeitos”
   
                    Hugo Oliveira
Hugo Oliveira assumiu a presidência da Distrital de Leiria do PSD após a demissão de Rui Rocha, em protesto pela ingerência da Direção Nacional na lista de candidatos a deputado por Leiria, mas garante que o incidente que levou à saída da lista do deputado Pedro Pimpão está ultrapassado e que irá contar com o apoio da Concelhia de Pombal na campanha eleitoral para a Assembleia da República, na eleição que terá lugar no dia 6 de outubro.

   Hugo Oliveira referiu ao Tinta Fresca que a Distrital está solidária com Rui Rocha no que respeita à constituição das listas, mas que a situação está ultrapassada, tendo ele próprio transitado da vice-presidência para a presidência da Distrital, assumindo também a direção de campanha.

   Apesar de reconhecer que o Governo tem beneficiado de alguns bons dados económicos e do PSD ser um partido muito ligado à economia, Hugo Oliveira não teme que alguns eleitores tradicionais migrem o seu voto para o PS, defendendo que os bons resultados económicos de Portugal são, sobretudo, fruto do bom desempenho da economia internacional. Além disso, os bons resultados apresentados nas estatísticas do Governo derivam também “da forma como se mascaram as contas, antecipando receitas ou fazendo cativações”, atribuindo ao Governo presido por António Costa “habilidade para apresentar bons números.”

   Para o também vice-presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, a melhoria económica do País não se traduziu em melhoria da qualidade de vida no distrito de Leiria, havendo problemas claros na saúde e na ferrovia

  O projeto de eletrificação da Linha do Oeste avançou numa primeira fase de Meleças até Torres Vedras e até outubro deverá arrancar a obra até Caldas da Rainha, embora Oliveira Oliveira assuma ser “como São Tomé, ver para crer." O presidente da Distrital de Leiria do PSD defende a eletrificação da linha até Leiria porque “as empresas precisam dela.” Relativamente às obras em curso no Hospital das Caldas da Rainha, considera não serem suficientes para as necessidades, e recorda que os utentes precisam de ver os seus cuidados de saúde satisfeitos enquanto não houver um novo hospital no Oeste. Portanto, a “economia parece estar muito brilhante mas na realidade não vimos os efeitos”, conclui.

   O PSD venceu as legislativas no distrito em 2015, tendo conquistado cinco deputados integrado na coligação Portugal à Frente, com o CDS, que elegeu um deputado, mas empatou a 27% com o PS nas eleições europeias, tendo os socialistas ficado à frente por duas décimas percentuais. Hugo Oliveira recorda que a constituição do Governo da Geringonça traduziu-se numa mudança de paradigma político uma vez que o vencedor das eleições não pôde governar e alerta os portugueses para verem o estado real do País e recusarem a tentativa de maioria de 2/3 de esquerda no Parlamento, que “pode levar à alteração da Constituição e o País pode andar para trás na história da democracia.”

   Hugo Oliveira defende que “a campanha do PSD deve ser clara e elucidar as pessoas.” Para o presidente da Distrital de Leiria do PSD, “os partidos não têm respeitado o distrito de Leiria, mas para que os governos respeitem o distrito de Leiria os próprios partidos têm de ter esse respeito. Se os partidos a nível distrital tivessem força, provavelmente teríamos a linha do Oeste até Leiria, até porque o cabeça de lista foi, nos últimos 10 anos, presidente da Câmara de Leiria. Acho que temos de nos juntar todos e olhar para este desafio de forma diferente, mas temo que não tenha havido respeito pelo distrito de Leiria nos últimos anos e estou aqui para combater isso.”

   Relativamente à campanha eleitoral, o presidente da Distrital de Leiria do PSD garante que vai fazer campanha em todo o distrito de Leiria, nomeadamente, em Pombal, onde o candidato indicado pela concelhia foi preterido em favor de um candidato nacional.

“Já falei com a Concelhia do PSD de Pombal, é normal que tenham ficado descontentes no processo e envio daqui um abraço de solidariedade para o meu companheiro Pedro Pimpão, que foi deputado e fez um excelente trabalho, mas houve um virar de página, as listas estão entregues e o PSD não deixará de fazer campanha em todos os concelhos até porque os nossos militantes estão com vontade de o fazer. E Pombal é um exemplo disso, teremos a colaboração da Concelhia local”, esclareceu.

   Hugo Oliveira confirmou também que irá continuar ai exercer o cargo de vereador, sem tempo atribuído, a exemplo do que já sucedeu em mandatos anteriores com a vereadora Maria da Conceição Pereira.
 
    Mário Lopes
16-09-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Os sete pecados mortais da “Geringonça”
Mário Lopes
OPINIÃO
Feira de São Bernardo, Casal Gregório e arranjos exteriores das antigas escolas primárias de Alcobaça
Carlos Bonifácio
10 cuidados a ter este verão para prevenir infeções nos pés
Dr. Francisco Freitas
Saiba como ganhar dinheiro nas Apostas Desportivas a longo prazo
Por PTAposta
Entenda porque a Bettilt é a melhor Casa de Apostas em Portugal
Por Bettilt
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o