Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Como classifica o nível da pandemia em Portugal?
Normal que haja surtos pontuais
Anormal e a culpa é do Governo
Anormal e a culpa é do comportamento das pessoas
Não sei
Edição Nº 233 Director: Mário Lopes Quarta, 24 de Junho de 2020
Câmara Municipal da Batalha vive uma situação financeira saudável
Batalha aprova contas de 2019 com resultado de exploração positivo de 2 milhões de euros
   
                                           Vila da Batalha
A Câmara Municipal da Batalha vive uma situação financeira saudável e apresenta meios libertos positivos que serão aplicados em novos projetos de investimento e reforço de medidas de apoio social à população

   “O Município da Batalha regista indiciadores de uma situação económica e financeira equilibrada – por exemplo, o cash-flow gerado em 2019 (1.999.518 euros) é superior ao valor total das dívidas a terceiros a curto prazo existentes a 31/12/2019, que ascendiam a 1.406.902 euros. Assinala-se, também, o facto de o rácio de autonomia financeira apresentar um valor bastante significativo, a rondar os 70%”, pode ler-se no relatório do auditor.

   O prazo médio de pagamentos situa-se em 16 dias, o que coloca o Município da Batalha nos níveis mais baixos do ranking do setor autárquico, à data de 31 de dezembro de 2019, não registando ainda quaisquer dívidas em atraso.

   A taxa de execução orçamental situa-se em 86,4%, o que reflete um desempenho positivo e acima do valor de referência previsto na Lei das Finanças Locais (85%), bem assim apresenta um desempenho económico estruturalmente equilibrado, o Município mantém a sua capacidade de assegurar a cobertura das despesas de funcionamento (obrigatórias), através de receita própria.

   A Receita fiscal regista uma ligeira diminuição de -1,9%, face ao ano anterior, reflexo da política de estabilidade fiscal do Município, bem assim da execução orçamental de 2019 com um reforço do investimento nas áreas da Educação (23%) e do Ambiente (29%).

   “Com um endividamento municipal praticamente residual e dispondo de uma elevada capacidade de execução de fundos europeus, o Município poderá encarar o seu futuro com otimismo”, refere o autarca da Batalha, Paulo Batista Santos.
 
    Fonte: MB
24-06-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Relatório de Gestão e Documentos de Prestação de Contas de Alcobaça
César Santos
A PPP Terra de Paixão
Eduardo Nogueira
Desafios dos Oceanos
Luís Guerra Rosa
Dever de informar
Carlos Bonifácio
Carta Aberta do presidente da Câmara Municipal da Azambuja
Luís de Sousa
Mensagem por ocasião da retoma das celebrações comunitárias da Santa Missa
Cardeal António Marto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o