Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem foi o principal vencedor das eleições para o Parlamento Europeu?
PS
Bloco de Esquerda
PAN
Outro
Edição Nº 220 Director: Mário Lopes Segunda, 1 de Abril de 2019
Para construção de espaços de estacionamento
Concelhia de Leiria do PCP contesta destruição de espaço verde do Polis de Leiria
    
                                      Parque Polis de Leiria
O Executivo da Comissão Concelhia de Leiria do PCP considera que, “não tendo até agora respondido a todas as questões colocadas pelo Grupo Municipal do Partido Comunista Português na Assembleia Municipal de Leiria, em 20 de março, nem lhe tendo ainda remetido os documentos pedidos, a Câmara Municipal, de maioria PS, nas justificações dadas veio confirmar o pior cenário sobre a destruição de um espaço verde de 2500 m2 com relvado e árvores, do Polis de Leiria, junto ao rio e às piscinas municipais.”

    Para o Partido Comunista Português, “a destruição desta zona verde do Polis, ao arrepio das necessidades dos cidadãos e da melhoria do ambiente urbano, para construção de espaços de estacionamento não colhe, desde logo porque nem sequer atenua o sério problema de estacionamento no centro da cidade, agora mais agravado com a recente entrega a um promotor imobiliário privado do parque de estacionamento gratuito existente no Carpalho, nas traseiras do Edifício 2000, como o PCP já denunciou.”

      O PCP defende que, “se a Câmara Municipal de Leiria quisesse contribuir efetivamente para a criação de estacionamento gratuito no centro da Cidade não tinha privatizado este espaço de estacionamento e deixava de cobrar taxas no desaproveitado parque de estacionamento da Fonte Quente, como o PCP já propôs e reitera.”

      Por outro lado, “a sua destruição para instalar o Mercado de Levante/Feira das Terças e Sábados, mesmo que fosse apenas provisoriamente, é mais uma demonstração de insensatez e da gritante falta de planeamento e de visão a médio e longo prazo desta maioria e de um modelo de gestão baseada no improviso, com um pesado custo para o concelho e a população”, acusa o Executivo da Comissão Concelhia de Leiria do PCP, em comunicado de 29 de março.

     Acresce para o PCP que “invocar a construção do Jardim da Almuinha Grande e a sua disponibilização à população para justificar a destruição de espaços verdes públicos pré-existentes além de anedótica desculpa esfarrapada, é pura hipocrisia, reveladora dos princípios de gestão autárquica retrógrados e atentatórios do ambiente e da qualidade de vida dos cidadãos da cidade de Leiria que norteiam a ação do executivo municipal PS.”

     Além do mais, “esta decisão decorre em flagrante violação do consagrado no Plano Diretor Municipal de Leiria e da Estratégia e do Plano Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas, este último aprovado pela Assembleia Municipal de Leiria em 28 de setembro de 2018.”

     O PCP recorda o que afirmou durante a discussão na Assembleia Municipal: estes instrumentos orientadores para adaptação às alterações climáticas estão eivados de boas intenções mas, como alertou, ficam-se apenas por isso.
Para o PCP, os planos elaborados por esta maioria, pagos pelos cidadãos do concelho, são imediatamente violados pelos autores, deixando a nu que são instrumentos destinados exclusivamente à prossecução de fins propagandísticos.

    Assim, segundo o Executivo da Comissão Concelhia de Leiria do PCP, “do que Leiria precisa é de mais zonas verdes públicas, da requalificação urbana em larga escala e de mobilidade na cidade com o reforço acentuado dos transportes públicos coletivos de passageiros”, defendendo que “isso poderá ser realidade com o reforço da CDU nas futuras eleições.”
01-04-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Festivais de Verão 2019 – Centro e Sul de Portugal
Liberdade para manifestar opinião
César Santos
A importância do Exame Médico Desportivo
Dr. Manuel Portela
Parque de auto caravanismo e passadiços de S. Martinho do Porto
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o