Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
De momento não existem Sondagens activas.
Ver Sondagens Anteriores
Edição Nº 84 Director: Mário Lopes Quinta, 18 de Outubro de 2007
300 mil pessoas são esperadas em Santarém
Festival Nacional de Gastronomia:Moita Flores convida presidente da ASAE para inauguração

     


Carlos Abreu e Moita Flores

A 27ª edição do Festival Nacional de Gastronomia, que decorre de 18 de Outubro a 4 de Novembro, na Casa do Campino em Santarém, foi apresentada no dia  15 de Outubro, por Moita Flores, presidente da Câmara Municipal de Santarém, e Carlos Abreu, presidente da Região de Turismo de Santarém. O certame, com um orçamento de 500 mil euros, conta este ano com uma empresa qualificada que fará o controlo dos produtos alimentares. Descontente com a actuação “espalhafatosa” da ASAE na última edição, que levou à apreensão de alguns alimentos, Moita Flores decidiu este ano convidar para a inauguração o próprio presidente da ASAE, cuja presença está confirmada.

       O 27 º Festival Nacional de Gastronomia, inicia-se a 18 de Outubro, mas apenas, será inaugurado oficialmente no dia 20, Dia do Ribatejo, pelas 12h30. Presentes na inauguração estarão Jorge Lacão, secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros; Idália Moniz, secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação; Conde Rodrigues, secretário de Estado Adjunto e da Justiça; António Nunes, inspector-geral da ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, entre outras entidades locais e nacionais. De salientar que visitarão ainda o certame, no dia 24 de Outubro, os secretário de Estado do Turismo e secretário de Estado do Desenvolvimento Rural e das Florestas, Bernardo Trindade e Rui Nobre Gonçalves, respectivamente.

      Mais uma vez, a realizar-se no âmbito do 27 º Festival Nacional de Gastronomia, o III Congresso Nacional dos Profissionais de Cozinha, que se realiza nos dias 22 e 23 de Outubro, conta este ano com Alex Atala, um dos mais prestigiados Chefes de cozinha brasileira. Irão também abrilhantar este III congresso alguns chefes nacionais, como Vítor Sobral, Hélio Loureiro e Henrique Sá Pessoa. De salientar que se realizará também a Final Nacional do concurso Melhor Chefe de Cozinha de Portugal.

      Carlos Abreu referiu que o grande mote desta 27ª edição do Festival “é o confronto entre duas ofertas gastronómicas que o País tem hoje, o regional/tradicional e a nova cozinha, as novas tendências da cozinha sem desvalorizar as tradições.” Para o presidente da Região de Turismo do Ribatejo “na gastronomia, o artista é o cozinheiro e hoje há um movimento muito grande a nível nacional de bons chefes de cozinha que estão apresentar uma nova cozinha portuguesa.”

    O responsável pelo 27 º Festival Nacional de Gastronomia acrescenta que “a gastronomia, como produto turístico, tem de ser diversificada, e Portugal como País receptor de turismo, tem de estar preparado para oferecer estes dois tipos de gastronomia”. Pela 1ª vez, O Festival Nacional de Gastronomia vai ter um pavilhão de vinhos de Portugal, com provas de Vinhos todos os dias, sendo “mais um elemento que vem enriquecer o festival porque não podemos desassociar o vinho com a gastronomia”, como referiu Carlos Abreu.

    Por sua vez, Moita Flores referiu que esta edição “ocorre numa situação particularmente sensível e sendo, como já é, um acontecimento nacional, obriga-nos a ter em relação a ele uma cautela muito especial. O festival resulta de uma parceria entre a Região de Turismo e a autarquia e é sabido que este ano vão ser reconfiguradas as regiões de turismo e não vamos aceitar que esta reconfiguração das regiões de turismo seja contra Santarém”.

    Afirma, ainda, que, a mudança que está em curso não vai implicar o fim do Festival Nacional de Gastronomia em Santarém, “pelo contrário, vamos reforçá-lo e, se for necessário, sozinhos, não admitiremos que este festival saia de Santarém, e se for necessário, assumiremos o Festival Nacional de Gastronomia como um dos instrumentos decisivos para o progresso e afirmação de Santarém”.

    O autarca de Santarém disse ainda que, através do plano estratégico de reconversão da Zona Ribeirinha, a autarquia dará a conhecer a implementação da 1ª Universidade de Gastronomia em Santarém com o apoio do Instituto Superior de Agronomia e do Instituto Politécnico através da Escola Superior Agrária, em fase de negociação.

    “Queremos fazer de Santarém uma das placas mais importantes do turismo da região, é por isso que a obra que se tem feito dirige-se para o turismo, para atrair turistas, riqueza, mão-de-obra, os mais jovens. Atrair o conhecimento desta região através de um ícone do mito das sociedades contemporâneas que é o mito dos sabores, voltámos a vivê-lo como não era vivido desde os finais do século XIX.”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Santarém.

    Referindo-se à inspecção da ASAE ao anterior festival, Moita Flores fez votos de que “a ASAE faça a fiscalização toda antes do festival” e se a pretender voltar a fazer que “o faça de forma discreta, com segurança, com equilíbrio e sem o espalhafato com que o tem feito na região”. O autarca de Santarém acrescenta ainda que “não vou aceitar mais insultos da ASAE ao Festival Nacional de Gastronomia”.

    Por sua vez, Carlos Abreu, sublinhou as palavras do presidente da Câmara Municipal de Santarém, e referiu que este ano o certame conta com “uma nova cozinha”, que reunirá todas as condições exigidas pela ASAE. O presidente da Região de Turismo do Ribatejo, salienta também que, o certame tem uma empresa qualificada que faz o controlo dos produtos alimentares, a serem servidos no festival, durante 24h por dia, e que a organização dá cursos de formação aos participantes das tasquinhas.

      Programa

Dia 18 de Outubro - Dia da Roménia / Dambovita

Animação - Espectáculo de Música e Dança Tradicionais (inclui trajes típicos)

Dia 19 de Outubro - Dia Nacional da Federação das Confrarias da Gastronomia Portuguesa
 
18.00 h- Degustação dos produtos das confrarias federadas   

Dia 20 de Outubro - Dia do Ribatejo
13.00 h - Almoço (refeição confeccionada pelo chefe de cozinha do ano 2006 Nuno Mendes)
Animação - Grupo de Música Tradicional - Cant'Abrantes
      
Dia 21 de Outubro - Dia das Equipas Olímpicas
13.00 h - Almoço (refeição confeccionada pelas Equipas Olímpicas)

Dias 22 e 23 de Outubro - Congresso Nacional dos Profissionais de Cozinha
       
Dia 24 de Outubro - Dia do Alentejo
(refeição confeccionada pelo Restaurante  "OPompílio" S. Vicente / Elvas)

Dia 25 de Outubro - Dia da Serra da Estrela (refeição confeccionada pelo restaurante da Pousada da Senhora das Neves - Almeida)

Dia 26 de Outubro - Dia do Brasil - S. Vicente (país convidado com a refeição confeccionada pelo Restaurante a Taberna de S. Vicente do Brasil)
Animação - Márcia Valli e Banda Soulbrasil  

Dia 27 de Outubro - Dia do Nordeste Transmontano (refeição confeccionada pelo Restaurante "O Geadas" de Bragança)

Dia 28 de Outubro - Dia do Minho
(refeição confeccionada pelo Restaurante " O Torres" de Vila Verde

Dia 29 de Outubro - Dia do Oeste
(refeição confeccionada pelo Restaurante Trás d'Orelha de Torres Vedras)

Dia 30 Outubro  - Concurso Chefe Cozinheiro do ano 
Seminário e Cerimónia de Entrega de Prémios

15h00 - Seminário "As Novas Ferramentas de Gestão numa Cozinha Profissional"
17h30 - Coffee - Break
18h00 - Cerimónia de Entrega de Prémios
18h45 - Cocktail INFTUR

Dia 31 de Outubro - Dia do Centro
(refeição confeccionada pelo Restaurante do Hotel Quinta das Lágrimas de Coimbra)                       
                                    
Dia 1 de Novembro – Dia do Algarve
(refeição confeccionada pelo Restaurante "La Reserve")

Dia 2 de Novembro – Dia de Dão Lafões (refeição confeccionada pelo Chefe Luís Américo)

Dia 3 de Novembro – Dia do Douro
(refeição confeccionada pelo Restaurante da Pensão Borges Baião)
 
Dia 4 de Novembro - Dia dos Açores
(refeição confeccionada pela Escola de Formação Turística e Hoteleira)

18-10-2007
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
A escola da Calçada de Carriche
Mário Lopes
OPINIÃO
Portugal e as Migrações: “Novos e Velhos Desafios”
Henrique Tigo
O Arquitecto Eugénio dos Santos
Luís Rosa
A nova cruz alta de Fátima
D. Serafim Ferreira e Silva
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o