Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem vai vencer as eleições presidenciais no Brasil?
Jair Bolsonaro
Fernando Haddad
Edição Nº 62 Director: Mário Lopes Quinta, 1 de Dezembro de 2005
Programa Gulbenkian Criatividade
e Criação Artística
Óperas "Mavra" e "O Urso" no Cine-Teatro de Alcobaça a 3 de Dezembro

 Mavra

A ópera buffa "Mavra", de Igor Stravinsky e a extravaganza "O Urso", de William Walton, vão subir ao palco no dia 3 de Dezembro no Cine-Teatro de Alcobaça. Os dois espectáculos operáticos inserem-se no âmbito do Programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística, Curso de Encenação de Ópera, decorrido entre Fevereiro e Outubro de 2004, em colaboração com o Teatro Nacional de S. Carlos, de Lisboa.


Mavra + O Urso
Género ópera | Duração 30 min + 50 min c/ intervalo | M/6

Alcobaça
CINE-TEATRO DE ALCOBAÇA
Sáb 3 Dez | 21h30 | informações: 262 580890

Mavra
De Igor Stravinsky
Ópera Buffa em 1 Acto

Encenação, cenografia e figurinos Carlos Antunes Libreto Boris Kochno, a partir da história de Pushkin «The Little House at Kolomna», escrito em 1921 Direcção musical João Paulo Santos Direcção de cena Otelo Lapa Cantores João Miguel Queirós (tenor) - Vassili/Cozinheira, Lara Martins (soprano) - Parasha, Susana Teixeira (meio soprano) - Mãe, Madalena Paiva Boléo (meio soprano) -Vizinha Pianista Nuno Barroso Desenho de luzes Clemente Cuba em colaboração com Carlos Antunes Produção Fundação Calouste Gulbenkian Colaboração Teatro nacional de S. Carlos
Apresentada no Teatro Nacional de São Carlos, em 2005, no âmbito do Festival de Música da Madeira.

Mavra é considerada uma das primeiras obras neoclássicas de Stravinsky. A procura de uma fusão entre a tradição dramaturgico-musical da ópera buffa italiana e a cor e temática da música popular Russa torna-se evidente, desde os primeiros compassos desta partitura. Para Stravinsky, o conceito de ópera buffa (como ele a intitula), é apenas o ponto de partida para uma análise da tradição da ópera à italiana onde, com todo o seu sentido de humor musical, desmonta os velhos clichés, estilizando-os e dando-lhes assim uma nova vida.

O Urso
de William Walton
Uma extravaganza em 1 Acto

Encenação, cenografia e figurinos Andrea Lupi Libreto Libreto de Paul Dehn, a partir de uma peça de Anton Chekhov, escrito em 1965-67 Direcção musical João Paulo Santos Direcção de cena Otelo Lapa Desenho de luz Clemente Cuba em colaboração com Andrea Lupi Cantores Juliana Mauger (meio soprano) - Popova José Corvelo (barítono) - Smirnov Jorge Martins (baixo) - Luka Pianista João Lucena e Vale Produção Fundação Calouste Gulbenkian Colaboração Teatro Nacional de S. Carlos Cedência de materiais Teatro Nacional de S. Carlos e Teatro Nacional D. Maria II

Sinopse: Popova é uma jovem e atraente viúva. Garante a pés juntos que continuará de luto pelo seu marido, morto há quase um ano, o resto da sua vida. Luka, o velho criado, aconselha-a a recomeçar a vida de novo, uma vez que o seu defunto marido levou uma vida de infidelidade e a sua memória não merece tanta dedicação. Mas esta existência rarefeita é interrompida por Smirnov que entra em sua casa para exigir o pagamento de uma dívida que o marido contraiu para pagar aveia...

01-12-2005
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Porque apoio Manuel Alegre
Uma segunda volta clarificadora
Voto Jerónimo de Sousa É precisa memória e não ser ingénuo! Ter confiança e muita determinação!
Não dou cavaco
Mensagem do Natal 2005
Porque é feriado dia 8 de Dezembro? Imaculada Conceição de Maria Santíssima
O Pesadelo do Pai Natal
Os Bancos Alimentares Contra a Fome e a Generosidade dos Portugueses
O "meu" Brasil
Restauração da Independência de Portugal
As eleições presidenciais
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o