Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a exploração de lítio em Portugal?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 226 Director: Mário Lopes Sábado, 2 de Novembro de 2019
Secretária de Estado da Cultura assinou o compromisso no dia 23 de outubro
Governo classifica de «Interesse Cultural»
a Casa-Memória de Camões em Constância
  
                                    Casa-Memória de Camões
O Interesse Cultural da Casa-Memória de Camões em Constância acaba de ser reconhecido ao mais alto nível: o Governo, através da Secretaria de Estado da Cultura, emitiu uma declaração nesse sentido que representa o corolário do esforço que vem sendo desenvolvido, em especial nos últimos anos, com vista a reunir as condições que permitam, finalmente, abrir ao público este equipamento de homenagem ao nosso maior poeta, de tão grande importância não apenas para Constância mas também para a região do Médio Tejo e para o País.

   Depois de, em fevereiro deste ano, a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo ter declarado o Interesse Regional da Casa-Memória de Camões em Constância, este era o passo que faltava em termos de reconhecimento, por parte dos órgãos do Estado, a esta Casa e ao trabalho que ela desenvolve, sublinha o presidente da Direção da Casa-Memória de Camões, António Matias Coelho.

   No documento, assinado em 23 de outubro pela secretária de Estado da Cultura, arquiteta Ângela Ferreira, e que abaixo se reproduz, é declarado, nos termos legais aplicáveis e uma vez obtido o parecer dos serviços competentes, o reconhecimento do «interesse cultural do projeto Programação e Valorização da Casa-Memória de Camões em Constância - 2019/2020, uma iniciativa da responsabilidade da Associação da Casa-Memória de Camões em Constância».

  
 Imagem de Luís Vaz de Camões junto ao seu Soneto 108

Paralelamente, o Ministério da Cultura, através da Direção-Geral do Património Cultural e da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas, disponibilizará apoio técnico com vista ao tratamento do espólio existente e à procura de soluções para dotar de conteúdos a Casa-Memória.

   A Declaração de Interesse Cultural agora obtida é da maior importância para esta Associação por duas razões fundamentais: em primeiro lugar porque confere um selo de qualidade à Casa-Memória de Camões e às atividades culturais que ela vem desenvolvendo e que projeta realizar; e, por outro lado, porque contribui para o esforço da constituição dos conteúdos que viabilizem a sua abertura ao público, ao atribuir os «benefícios fiscais previstos no regime do Mecenato Cultural» às entidades que patrocinem o projeto da Casa-Memória. A partir de agora, a Associação pode, com mais este poderoso argumento e com redobrada expectativa, procurar junto de eventuais mecenas, sejam instituições ou empresas, os apoios financeiros indispensáveis para o seu maior objetivo: dotar Constância, o Médio Tejo e o país de uma Casa de Camões que Portugal ainda não tem e que honre o nosso épico, a sua obra genial e a universidade da língua e da cultura portuguesas.

   Associação Casa-Memória de Camões em Constância
Fundada em 1977 Entidade de Utilidade Pública (D.R., II Série, de 9.05.1983)
Casa-Memória de Camões, Imóvel de Interesse Público (Decreto n.º 31/83)
Jardim-Horto Camoniano, desenhado pelo arq.º Gonçalo Ribeiro Telles Monumento a Camões do escultor Lagoa Henriques
02-11-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O POOC e os excessos de alarmismo!!
Carlos Bonifácio
Ex-fumadores: vencedores incontestáveis
Dr. Alfredo Martins
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o