Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os espectadores de futebol devem poder regressar aos estádios?
Sim, com restrições
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Quinta, 31 de Maio de 2018
Dia Mundial Sem Tabaco assinala-se a 31 de maio
Fumadores têm maior risco de desenvolver demência
  
                     Manuela Morais
É verdade que não existe uma fórmula que descreva a solução de como se pode prevenir ou curar a demência e, infelizmente, os seus grandes fatores de risco, como a idade e a genética, não são possíveis de controlar. No entanto, existem formas de se manter saudável durante um maior período de tempo com o avançar da idade. Isto passa nomeadamente pela aquisição de um estilo de vida diferente, que confira a adoção de hábitos mais saudáveis e conscientes.

   Vários estudos têm salientado o facto de as pessoas fumadoras apresentarem um maior risco de vir a sofrer da doença de Alzheimer. Quanto mais elevado for o consumo, e consequentemente a dependência da nicotina, maior é a probabilidade de desenvolver esta doença.

   Contudo, apesar de o tabaco aumentar de forma considerável o risco de desenvolvimento de demências, seja a doença de Alzheimer ou não, existem outros maus hábitos que contribuem igualmente para a deterioração das funções cognitivas. São estes o consumo abusivo de bebidas alcoólicas, a falta de descanso, os elevados níveis de stress, e muitos mais.

   É desta forma importante frisar que existe um conjunto de medidas recomendadas que visam a manutenção da saúde cerebral e, consequentemente, a redução de risco de doença de Alzheimer ou outros tipos de demência. Alguns estudos sugerem que a prática de exercício físico regular, a aposta numa alimentação mais saudável, rica em vegetais, frutas, leguminosas, azeite e peixe, e a realização de atividades que estimulem a parte cognitiva do cérebro, como passear pelo jardim, fazer palavras cruzadas, sopa de letras ou sudoku, ou participar em atividades comunitárias que impliquem o contacto com outras pessoas, são benéficas para o estabelecimento do equilíbrio mental.

   Importa referir que cada pessoa deve assumir uma postura preventiva e de cuidados com a saúde mental o mais cedo possível, dado que, segundo os cientistas, as mudanças que ocorrem no nosso cérebro e que podem resultar em demência começam a formar-se décadas antes dos primeiros sintomas serem detetados.

   Alzheimer Portugal

   A Alzheimer Portugal é a única organização em Portugal, de âmbito nacional, especificamente constituída com o objetivo de promover a qualidade de vida das pessoas com Demência e dos seus familiares e cuidadores, tendo como visão uma sociedade que integre as Pessoas com Demência e reconheça os seus Direitos. A Alzheimer Portugal celebra em 2018 o seu 30ª Aniversário. Pode consultar o site da associação em www.alzheimerportugal.org.

   Doença de Alzheimer e outras Demências

A Organização Mundial de Saúde estima que em todo o mundo existam mais de 50 milhões de pessoas com Demência. número que pode vir a atingir os 75 milhões em 2030 e quase triplicar em 2050 para os 135 milhões. Em Portugal, os dados da Alzheimer Europe apontam para cerca de 182 mil pessoas com Demência. A Doença de Alzheimer assume um lugar de destaque, representando cerca de 60 a 70% de todos os casos de Demência.

   Manuela Morais
Vice-presidente da Alzheimer Portugal
31-05-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Doença mental aumenta dependência do tabaco
Drª Tânia Silva
Pressão arterial alta é fator de risco para o enfarte
Dr. Pedro Farto e Abreu
Não gosto de “certa” linguagem…
Fleming de Oliveira
O pólen e o Centro de “Boas Vindas” no Mercado Municipal
Carlos Bonifácio
Das "crises" do estado-empresa e da empresa-estado
Valdemar J. Rodrigues
Fumadores têm maior risco de desenvolver demência
Manuela Morais
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o