Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 214 Director: Mário Lopes Quarta, 31 de Outubro de 2018
Dívida atual vai ser paga com empréstimo de 32 milhões de euros
Nazaré recorre ao Fundo de Apoio Municipal para reequilibrar as finanças do Município
  
                            Paços do Concelho da Nazaré
A Câmara da Nazaré vai recorrer ao Fundo de Apoio Municipal (FAM) através de um empréstimo para reduzir a dívida total do Município, estabelecer o reequilíbrio orçamental, reestruturação e assistência financeira.

   O processo já foi entregue ao Tribunal de Contas e aguarda o respetivo visto.

   “Estamos a substituir a dívida atual por um empréstimo de 32 milhões, com taxas mais baixas e prazos mais amplos, que engloba a dívida comercial, bem como os créditos existentes junto da Direção Geral do Tesouro e das Finanças (PREDE de 3 milhões de euros contratualizado em 2009 e do ATU), ou seja os encargos com maior impacto negativo na recuperação financeira do Município; a dívida decorrente de contratos de factoring (BPI, BCP e Santander Totta) e a dívida à DGTF pela compra de um terreno na Área de Localização Empresarial de Valado dos Frades”, disse Walter Chicharro, presidente da Câmara da Nazaré.

   O Município da Nazaré encontra-se fora da situação de rutura financeira, mas ainda em desequilíbrio financeiro decorrente de um volume de dívida total de 34,8 milhões registados até ao final de 2017 (35,04 milhões de dívida relevante em termos legais).

   “Sem a reestruturação do serviço da dívida e o financiamento do FAM, o Município iria continuar a ter despesa paga em montante inferior aos compromissos assumidos, o que determinaria mais dívida, mais juros de mora por atrasos nos pagamentos, continuando a não cumprir com a legislação, nomeadamente a Lei dos Compromissos e Pagamentos em atraso, conduzindo à instabilidade económica e financeira do Município”.

   Durante o período de vigência do Fundo, a Autarquia irá manter várias medidas de reequilíbrio orçamental que visam a otimização da receita, mas que não inviabilizam o investimento.

   A participação variável no Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) e a Derrama à taxa máxima, bem como a manutenção da aplicação da majoração em 30% no IMI para imóveis em mau estado de conservação são algumas das medidas que irão manter-se em vigor, podendo ser revistas ao fim de dois anos, de acordo com o previsto no contrato.

   “A requalificação do território concelhio e a implementação de medidas que visam a melhoria da qualidade de vida de residentes e visitantes, com vários investimentos no aumento da atratividade do território irão prosseguir”, adianta o presidente de Câmara da Nazaré.

   A proposta de adesão ao FAM foi aprovada por maioria dos eleitos na Assembleia Municipal, na sessão extraordinária realizada na passada terça-feira, 23 de outubro. O processo aguarda, agora, o visto do Tribunal de Contas.
 
   Fonte: SML|GC|CMN
31-10-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o