Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 214 Director: Mário Lopes Domingo, 4 de Novembro de 2018
Nas atuais instalações do Colégio de São Mamede
Insignare cria polo da Escola de Hotelaria
de Fátima no concelho da Batalha
  
                        Escola de Hotelaria de Fátima
A Direção da Insignare – Associação de Ensino e Formação, pretende arrendar as instalações do Colégio de São Mamede, de forma a alargar a sua área de atuação, para aí instalar um novo polo da Escola Profissional de Hotelaria de Fátima (EHF). O impacto regional da Escola de Hotelaria de Fátima é enorme, tem sido assim ao longo dos anos e tem vindo a reforçar a sua marca do ponto de vista regional, muito fruto também da captação de alunos de vários concelhos limítrofes, pela qualidade dos cursos que ministra.

   As instalações que de momento a EHF ocupa, enquanto não garante financiamento para a construção do projeto que tem (com terreno adquirido), estão no limite dos alunos que consegue receber, tornando-se a sua gestão diária quase impraticável ao nível das áreas técnicas e de especialidade (como sejam as cozinhas, o laboratório de pastelaria, bar, etc..)

   Surgiu assim, no contexto regional, a oportunidade de instalar um novo polo da Escola de Hotelaria de Fátima, dando pleno corpo e materialização a estes considerandos, arrendando provisoriamente o Colégio de São Mamede, na totalidade das suas instalações, que pelas determinações relativas aos contratos de associação ficará sem operação no próximo ano letivo.

   Importa salientar que Escola e Colégio distam entre si, cerca de 4,9 km, sendo determinante também a larga proveniência de alunos da região de Batalha, Porto de Mós, Leiria, Alcobaça.

   Foi neste pressuposto, e também no superior interesse de racionalidade financeira da instituição, que se afigurou a opção de investimento agora em curso. A Insignare vai crescer a partir de Fátima, não vai sair do Edifício dos Monfortinos, mas vai crescer a partir daí.
A Direção estudou vários cenários, vários edifícios e várias possibilidades: esta foi a que conjugou melhor os critérios: investimento, adaptações e alterações de edifício e proximidade.


   A Direção da Insignare defende que os recursos têm que ser pensados de forma criteriosa e que não pode hipotecar o futuro financeiro da Instituição, pelo que esta opção é a que melhor responde temporariamente às necessidades, sobretudo quando tem em “carteira” a construção de instalações próprias num próximo quadro comunitário 20-30.

   Com esta opção, cria-se ainda a possibilidade futura de novas áreas de expansão do Ensino Profissional no distrito de Leiria, ficando assim consolidada a posição da Insignare também do ponto de vista regional (no distrito de Santarém e Leiria).

   Fonte: Insignare
04-11-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o