Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Qual será o melhor presidente do PSD?
Rui Rio
Santana Lopes
Outro
Edição Nº 204 Director: Mário Lopes Quinta, 12 de Outubro de 2017
Feminista torrejana
Assembleia da República recebe exposição sobre Maria Lamas, mulheres, paz e liberdade
  
                            Cartaz
Há 70 anos, Maria Lamas iniciava um percurso pelo país que viria a resultar num retrato da condição feminina em Portugal, nesse final da década de 40 do séc. XX. Este périplo culminou na edição de As Mulheres do Meu País, imagem despudorada de um Portugal esquecido, momento político de afirmação das mulheres como pilares não só da família, mas também da economia do país.
A ação cívica e política de Maria Lamas decorre em três mundos: o das Mulheres, o da Paz e o da Liberdade.

   Jornalista, escritora, tradutora, editora, Maria Lamas não esperava que outros tomassem uma atitude: entrava em ação e punha os projetos em andamento. Organizou exposições, colaborou e tomou a direção de periódicos, participou em muitas organizações, movimentos políticos e associativos. Foi presa três vezes pela PIDE, esteve exilada no Funchal e em Paris, onde assistiu, entusiasticamente, às manifestações do Maio de 68.

   Inquieta e insubmissa, a torrejana Maria Lamas foi uma das mulheres marcantes do séc. XX português. Os seus princípios éticos e os valores humanistas que a nortearam são universais e constantes nas geografias do mundo, nos tempos presentes e nos tempos que hão de vir.

   Honrando esta figura ímpar da cultura portuguesa, a Assembleia da República e o Município de Torres Novas promovem a exposição Mulheres, Paz, Liberdade // Maria Lamas, uma exposição que evidencia as lutas, as causas e a ação de Maria Lamas, dos anos 20 ao 25 de Abril de 1974.

   Este trabalho estará patente ao público de 19 de outubro a 6 de dezembro de 2017, no r/c do Palácio de São Bento, em Lisboa (marcação de visitas: Museu Municipal Carlos Reis de Torres Novas – museu.municipal@cm-torresnovas.pt ou tel. 249 812 535).

   Fonte: DTICMA|CMTN
12-10-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O Deselegante Declínio da Autoridade Administrativa
Sérgio Martinho
O declíno acentuado das funções executivas podem ser indicadores de doença
Drª Luísa Lagarto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o