Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 213 Director: Mário Lopes Sexta, 24 de Agosto de 2018
Marinha Grande
Cristina Maria, Pedro Tochas e festival Acaso integram programação do Teatro Stephens
  
                       Cristina Maria
A Casa da Cultura Teatro Stephens, na Marinha Grande, apresenta espetáculos de música, stand-up comedy e teatro, no mês de setembro, recebendo nomes como Cristina Maria, Pedro Tochas e o Festival ACASO, respetivamente. Cristina Maria apresenta o espetáculo “Livremente”, num encontro de pura partilha entre, artistas, instrumentistas, autores e compositores, nasce este novo trabalho, unindo várias expressões da música com o Fado. Já Pedro Tochas partilha o que descobriu e o que ainda quer descobrir no espectáculo “Descobrimentos”, uma avaliação do que é ter 45 anos na sociedade atual. Por fim, Dédalo por Urso Pardo, é uma peça de teatro integrado na XXIII Edição do Festival de Teatro Acaso

   A programação da Casa da Cultura Teatro Stephens para o mês de setembro é a seguinte:

15 de setembro . sábado
17h00 . Foyer da Casa da Cultura Teatro Stephens
Inauguração da exposição de escultura “Fado” e “Pedras d’Alma”, com visita guiada com momentos de fado, fazendo a ligação da obra escultórica com o fado.

21h30 . Cristina Maria apresenta o espetáculo “Livremente”
Sinopse |
Num encontro de pura partilha entre, artistas, instrumentistas, autores e compositores, nasce este novo trabalho, unindo várias expressões da música com o Fado. Uma viagem envolvente pela música tradicional portuguesa, os adufes, o Cante Alentejano, a morna Cabo-Verdiana, aliados aos fados clássicos e originais que compõem o seu repertório.
Neste novo álbum, o 4º da artista, Cristina Maria transporta-nos pelas suas variadas experiências musicais, que a têm influenciado e inspirado enquanto intérprete de fado, expressando a sua liberdade artística, o seu crescimento e criatividade, enquanto cantora, autora e instrumentista.

Ficha Artística |
Cristina Maria – Voz
Ricardo Silva – Guitarra Portuguesa
António Neto – Guitarra Clássica
Jorge Carreiro - Contrabaixo
Duração | 60 min
Classificação Etária | M/6
Entrada gratuita sujeita a levantamento de bilhete e lotação da sala.

Este espetáculo está inserido na Candidatura CIMRL Região de Leiria Rede Cultural.


27 de setembro . quinta . 21h30
Pedro Tochas “Descobrimentos”
Sinopse |
Ao longo da nossa vida não paramos de descobrir coisas sobre o mundo que nos rodeia e sobre nós próprios. Neste espetáculo, Pedro Tochas partilha o que descobriu e o que ainda quer descobrir. Numa avaliação do que é ter quarenta e cinco anos na sociedade atual.
Pequenas histórias, divagações e alucinações são a base deste espetáculo, uma mistura de Stand-up Comedy e contador de histórias.
Boa oportunidade para rir com o que vai na alma deste descobridor.
Numa partilha de descobertas que mais parece uma conversa entre amigos.

Ficha Artística e Técnica |
Duração | 75min
Classificação Etária | M/16
Entrada gratuita sujeita a levantamento de bilhete e lotação da sala.

Este espetáculo está inserido na Candidatura CIMRL Região de Leiria Rede Cultural.

29 de setembro . sábado . 21h30
Dédalo por Urso Pardo espetáculo integrado na XXIII Edição do Festival de Teatro Acaso

Sinopse |
Como se constrói uma casa? É esta a pergunta que dois actores e um autor ausente tentam responder. A casa é uma metáfora para a família, para o amor e para o auto-conhecimento, e as três personagens vivem a impossibilidade de alcançarem cada uma dessas três coisas em diferentes momentos da vida.
Dédalo é a segunda parte de uma trilogia de Miguel Graça que se iniciou em 2016 com Minotauro e terminará em 2018 com Ariadne.

Urso Pardo é um projecto assente na ideia de um teatro com uma dramaturgia viva, escrita para ser mostrada agora, explorando o conceito de efemeridade e de cruzamento entre realidade e ficção, sendo os actores o motif para uma história onde eles próprios são as personagens.

Neste caso, portanto, as personagens surgem dos actores, são escritas para eles e não o oposto, ou seja, não há uma busca do actor pela personagem mas sim a tentativa de ser aquelas palavras. Propomos, assim, um caminho que não use a desconstrução como processo de criação e de trabalho, mas sim a construção, que se inicia com a elaboração do texto dramático e depois continua acrescentando-lhe os actores, a luz e o cenário, todos partes integrantes dessa construção teatral da verdade, que pouco ou nada tem a ver com uma vertente naturalista da cena.

Acreditamos que o Teatro é um dos poucos momentos em que o Homem consegue abstrair-se da sua própria realidade e, durante a duração de um espectáculo, estar mais atento a uma realidade que lhe é mostrada. Acreditamos que dessa análise resulta, depois, um confronto do espectador com a sua própria realidade e que, dadas as circunstâncias correctas, o Teatro consegue ajudar o Homem a suportar a imensa dor da existência, ou, pelo menos, a compreender que não está sozinho. É nesse sentido que também acreditamos que os actores não são apenas executantes, mas que devem fazer parte de uma lógica de envolvimento na criação, o que implica uma responsabilização dos mesmos pela sua presença no espectáculo.

Ficha Artística |
Texto - Miguel Graça
Co-criação - David Esteves|Miguel Graça|Pedro Caeiro
Desenho de luz - Daniel Worm D’Assumpção
Interpretação David Esteves|Pedro Caeiro
Produção Urso Pardo
Duração | 1h30 sem intervalo
Classificação Etária | M/16
Preço | 5€

   Fonte: AI|CMMG
24-08-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o