Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem foi o principal vencedor das eleições para o Parlamento Europeu?
PS
Bloco de Esquerda
PAN
Outro
Edição Nº 84 Director: Mário Lopes Sábado, 27 de Outubro de 2007
Infra-estrutura vai ter 4 tanques
Câmara aprova abertura de concurso de ideias para Complexo de Piscinas da Marinha Grande

     


Reunião de Câmara de 4 de Outubro

A Câmara Municipal da Marinha Grande aprovou na sua última reunião ordinária, realizada no dia 4 de Outubro, a abertura do concurso público internacional para a concepção do estudo prévio de arquitectura do Complexo Municipal de Piscinas da Marinha Grande. Foram aprovados os documentos do programa preliminar que estão na base do concurso de ideias, que atribuirá um prémio aos três primeiros classificados, sendo respectivamente: 10 mil euros e adjudicação do projecto ao primeiro classificado; três mil euros ao segundo; e dois mil euros ao terceiro.

      A Câmara Municipal tem um projecto de arquitectura, que, por ter sido elaborado há já sete anos, encontra-se desajustado às actuais necessidades, normas e exigências legais. Daí que se entenda por justificada a abertura de concurso de ideias para a concepção de um novo projecto.

      A abertura do concurso de ideias para o estudo prévio de arquitectura para a concepção do Complexo de Piscinas surge como resultado de várias diligências tomadas sobre o assunto pelo Executivo, nomeadamente a visita a outros equipamentos similares, consideradas à presente data como os melhores exemplos nacionais, ao nível da sua concepção, rentabilidade e funcionalidade, para além de várias reuniões que envolveram elementos do Executivo, técnicos e entidades locais.

      O vereador do Desporto, João Marques Pedrosa, salienta a “imperiosa necessidade que existe, em dotar o concelho, nomeadamente a cidade da Marinha Grande, de um equipamento desta natureza, tendo em conta que a actual Piscina da Marinha Grande, pela sua antiguidade de construção, há muito que não tem capacidade de responder às necessidades dos munícipes”.

      Tais necessidades estão reflectidas “na crescente procura e «reclamação» à autarquia, para a construção desta infra-estrutura, que possibilite a prática da natação a todos os escalões e estratos da sociedade marinhense e à qual, nestes últimos anos, não foi dada qualquer resposta”.

      João Marques Pedrosa admite que, “para além da concepção e das valências propriamente ditas, que constam no caderno de encargos, as quais vão de encontros às necessidades actuais, estou convicto estarem reunidas condições, para que uma candidatura aos futuros apoios comunitários (QREN) seja deferida e possamos avançar finalmente com a construção de um novo e há muito esperado Complexo de Piscinas Municipais”.

Piscina com quatro tanques

      A Câmara Municipal pretende proceder à construção de um complexo de piscina coberta, no terreno que possui na Zona Desportiva da Marinha Grande. A estimativa orçamental é de 4,2 milhões de euros.

    A zona das piscinas integrará quatro tanques. O Tanque 1 destina-se a lazer, aprendizagem, treino desportivo e provas de âmbito nacional e internacional (natação pura desportiva, pólo-aquático e natação sincronizada). Terá dimensão de 25mx22m e profundidade de dois metros.

      O Tanque 2 tem características para actividades de saúde e lazer, hidroginástica, aprendizagem e no âmbito de competições de carácter oficial funcionará como piscina de aquecimento e recuperação. As dimensões do tanque serão 22mx12m, para profundidades entre os 1,20m x 1,50m.

      O Tanque 3 será projectado para treino desportivo de competição. Dada a exigência do processo de treino em natação, os atletas deverão treinar em condições específicas para optimizarem os seus resultados, dado que os tempos de acesso para os percursos de alta competição, estágios de selecção e tempos de admissão a provas internacionais terem que ser efectuadas em piscina de 50 metros. Assim sendo, o tanque deverá ter 50m x 6m, para uma profundidade de 2 metros.

    O Tanque 4 destinar-se-á a adaptação ao meio aquático, natação para bebés e primeira infância. As dimensões projectadas serão de 22m x 4m, para profundidade que varia entre 0,20m x 0,70m.

      Existirá outra zona de apoios que contemplará: balneários; gabinete médico; ginásio de apoio; Spa; sala de delegados; sala de apoio à competição; arrumos; bancadas; bar; sanitários públicos; salas multiusos; gabinete técnico e de vigilância; sala de provas / árbitros; arrumos; e sala de monitores.

      Fonte: Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal da Marinha Grande

 

27-10-2007
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
A escola da Calçada de Carriche
Mário Lopes
OPINIÃO
Portugal e as Migrações: “Novos e Velhos Desafios”
Henrique Tigo
O Arquitecto Eugénio dos Santos
Luís Rosa
A nova cruz alta de Fátima
D. Serafim Ferreira e Silva
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o