Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a legalização da eutanásia?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 228 Director: Mário Lopes Terça, 21 de Janeiro de 2020
3ª edição do Prémio Municipal de Arquitetura “Mateus Fernandes” destina-se à freguesia da Golpilheira
Câmara da Batalha lança concurso de ideias para requalificar o Centro Cívico da Golpilheira
   
                                                    Golpilheira
A Câmara Municipal da Batalha leva a 3ª edição do Prémio Municipal de Arquitetura “Mateus Fernandes” à freguesia da Golpilheira, com o objetivo de requalificar o Centro Cívico do lugar, atribuindo um prémio de 5 mil euros ao projeto vencedor, numa intervenção que se estenderá às zonas mais degradadas do lugar e cujo processo de decisão pretende envolver a população.

   A área de intervenção incide na Rua Padre Dr. Joaquim Coelho Pereira, bem como na Rua Principal junto à Igreja Nossa Senhora de Fátima, nas Escadinhas dos Mestres, e no acesso às pracetas, largos e edifícios de cariz público que nela intervêm, como o Largo Afonso Maria Coelho Pereira onde se encontra a Igreja do Senhor Bom Jesus dos Aflitos, o Salão de Festas da Comissão da Igreja da Golpilheira, entre outros, onde se realizam as principais atividades da freguesia.

   Recorde-se que o Prémio Municipal de Arquitetura “Mateus Fernandes” destina-se a premiar projetos de edificações novas, conjuntos e espaços verdes de utilização coletiva cuja conceção e qualidade arquitetónica sejam relevantes, assim como obras de recuperação e reabilitação cujo projeto mereça destaque pelo respeito do património edificado e/ou boas práticas sustentáveis.

   Dividido nas categorias de Edificações, Espaços Exteriores de Uso Público e Boas práticas de Sustentabilidade; o concurso de ideias permitiu premiar na edição anterior a reabilitação do espaço público na freguesia de Reguengo do Fetal, possibilitando uma reflexão acerca da preservação da memória do lugar, das suas tradições, e da necessidade de reposição de um novo marco na história.

   Na presente edição propõe-se o mesmo modelo de operação na freguesia da Golpilheira, promovendo uma estratégia de desenvolvimento e reabilitação urbana equilibrada, ao nível do concelho.

    A apreciação das propostas de requalificação ficará a cargo do júri do concurso que integra técnicos qualificados e representantes da freguesia, bem assim esta edição contará com uma comissão de acompanhamento do projeto constituída por representantes das principais intuições da freguesia, onde pontificam o Centro Recreativo, Assembleia de Freguesia e Comissão da Igreja, uma vez que a intervenção prevista irá envolver espaços que acolhem ações destas entidades.

   Para o presidente da Câmara Municipal, Paulo Batista Santos, “o objetivo da requalificação urbana deve chegar às freguesias, já realizamos projetos relevantes em São Mamede, vários na Vila da Batalha e estamos a iniciar a requalificação da Praça do Largo da Fonte no Reguengo do Fetal, seguir-se-á a freguesia da Golpilheira”.

   “As preocupações com o ambiente urbano assume grande prioridade local, estamos a realizar investimentos importantes neste domínio que valoriza as pessoas e a sua relação com o espaço urbano, assumindo neste contexto um novo paradigma de desenvolvimento”, acrescenta o autarca.

   O prazo para apresentação de candidaturas decorre até março, seguindo-se um período de exposição dos trabalhos e de participação pública, estimando-se que o processo seja concluído ainda no primeiro semestre deste ano. Concluído o concurso de ideias, serão desenvolvidos os projetos técnicos e aberto concurso da empreitada para a Requalificação e reabilitação urbana do Centro Cívico da Golpilheira.
 
    Fonte: MB
21-01-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Casino Online continua a evoluir com a chegada de um novo operador a Portugal
Miguel Paulo: “É preciso voltar a página no PS em Rio Maior"
Miguel Paulo
Mulheres portuguesas, por quem os sinos dobram
Joaquim Vitorino
Centro de Negócios de Alcobaça, Feira de São Bernardo e delimitação das novas ARU
Carlos Bonifácio
Só a CDU votou contra os Orçamentos 2020 da Câmara e dos Serviços Municipalizados de Alcobaça
Por Luís Crisóstomo e Clementina Henriques
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o