Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a legalização da eutanásia?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 225 Director: Mário Lopes Segunda, 30 de Setembro de 2019
Cartaxo
Obras nos Diques de Valada arrancam com investimento superior a meio milhão de euros
 
      


                  Pedro Magalhães Ribeiro visitou as obras
O presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Pedro Magalhães Ribeiro e a presidente da Junta de Freguesia de Valada, Margarida Abade, estiveram no dia 23 de setembro naquela freguesia para acompanhar o início as obras de reabilitação do sistema de diques de Valada. A obra vai reabilitar o sistema de diques que se estende por 24,5 Km e por três concelhos – Azambuja, Cartaxo e Santarém–, protegendo três aglomerados populacionais da freguesia de Valada – Reguengo, Valada e Porto de Muge –, e 700 hectares de terrenos agrícolas de elevada produção ao longo de todo o ano.

    Na sequência do Auto de consignação da empreitada, assinado em Valada em meados de agosto – com a presença do secretário de Estado do Ambiente, João Ataíde e do vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Pimenta Machado –, foram iniciadas as obras de reabilitação do sistema de diques de Valada, com um prazo de execução dos trabalhos de 90 dias. O investimento total é superior a 530 mil euros, financiado em 75% pelo POSEUR-Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.
Pedro Magalhães Ribeiro e Margarida Abade destacaram a importância das obras de reabilitação do sistema de diques, para a segurança da população.


    A obra foi adjudicada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) à empresa Tâmega Engineering, S.A, que durante a segunda quinzena de setembro iniciará os trabalhos de maior expressão no terreno. Os trabalhos a realizar preveem o reperfilamento e reparação do corpo dos diques, o preenchimento de cavidades, refechamento das juntas e reparação e substituição das portas de água.

   Empreitada responde a reivindicação de autarcas e população

    Pedro Magalhães Ribeiro, que na cerimónia assinatura do auto de consignação destacou a importância da obra por ser “uma reivindicação que autarcas e população há muito esperavam ver cumprida. Esta obra é um investimento na segurança de pessoas e bens, com enorme relevância para as empresas que desenvolvem a sua atividade nas terras férteis de Valada”.

   O autarca lembrou que em 2019 “se assinalam 40 anos sobre a cheia de 1979, catástrofe que tanta perda trouxe ao nosso território e às nossas gentes”, pelo que “ter hoje as máquinas a iniciar trabalhos nos diques que protegem três aglomerados urbanos da freguesia e 700 hectares de terras agrícolas, é dar à população uma segurança e uma tranquilidade que só quem aqui vive e trabalha pode, de facto, compreender”.

    Margarida Abade congratulou-se com o início das obras, destacando “a importância de vermos as máquinas e os trabalhadores no terreno. Há muito que todos os que aqui vivemos ansiávamos por este dia”. Para a autarca “esta obra não é apenas um enorme investimento na nossa freguesia, é um enorme investimento na segurança das nossas famílias e das nossas habitações, e garante aos empresários que criam postos de trabalho nas terras de Valada, que as suas produções estão seguras”.
 
    Fonte: GIC|CMC
30-09-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Os sete pecados mortais da “Geringonça”
Mário Lopes
OPINIÃO
Feira de São Bernardo, Casal Gregório e arranjos exteriores das antigas escolas primárias de Alcobaça
Carlos Bonifácio
10 cuidados a ter este verão para prevenir infeções nos pés
Dr. Francisco Freitas
Saiba como ganhar dinheiro nas Apostas Desportivas a longo prazo
Por PTAposta
Entenda porque a Bettilt é a melhor Casa de Apostas em Portugal
Por Bettilt
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o