Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 215 Director: Mário Lopes Segunda, 12 de Novembro de 2018
Desenvolvimento da atividade turística justifica nova alteração
Município do Cartaxo altera Plano Diretor Municipal pela oitava vez
  
                         Paços do Concelho do Cartaxo
O Município do Cartaxo deu início ao período de discussão pública da 8.ª Alteração ao Plano Diretor Municipal (PDMC), cujo Relatório de Fundamentação e Parecer da CCDR-LVT pode ser consultado junto dos serviços municipais ou no site do Município. Promover o desenvolvimento económico, permitindo a criação de novas empresas e negócios, neste caso ligados à atividade turística, é o principal objetivo da alteração proposta pelo Município. A proposta de alteração já obteve parecer positivo da CCDR-LVT – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo. O aviso publicado em Diário da República no final de outubro, determina que período de discussão pública decorre durante trinta dias, terminando a 17 de dezembro.

   O relatório de Fundamentação, indica que a alteração que propõe foi suscitada, por um lado, “pela existência de dinâmicas económicas empreendedoras locais que traduzem a vontade de se instalar em áreas estruturadas e apresentando características para o efeito, e pela incapacidade do PDMC vigente (publicado e ratificado em 1998 e em processo de revisão desde 2002) em permitir desenvolver a sua implantação e reestruturação”.

   Conduzida pela Divisão de Planeamento e Administração Urbanística do Município (DPAU), a proposta de alteração prevê a adaptação da figura do Plano Diretor Municipal a “esta nova realidade, tendo em vista acolher e potenciar uma oportunidade de desenvolvimento e de criação de novas dinâmicas. A solução proposta não implica uma reclassificação do solo, mas permitirá enquadrar no PDMC, a curto prazo, um conjunto de unidades empresariais que serão, certamente, uma mais valia para o território, pretendendo-se que aquela solução se alicerce no que se encontra já previsto em sede de revisão do plano”.

   Entre os objetivos estratégicos, o Relatório elenca o facto de permitir o enquadramento urbanístico de um conjunto de atividades económicas, ao nível do turismo; modernizar e tornar mais competitivo o tecido empresarial local; promover e apoiar a dinâmica empresarial e a criação de emprego à escala local; e indica como mais valia, o facto dos empreendimentos, essencialmente ligados ao turismo, pretenderem implantar-se em edifícios já existentes, que se encontram em avançado estado de degradação, pelo que esta alteração “irá permitir a sua reabilitação, contribuindo assim para uma melhoria da paisagem dos locais onde estes empreendimentos se irão localizar”.

   O período de discussão pública iniciou-se a 6 de novembro e decorre até 17 de dezembro de 2018. Os documentos que integram a alteração podem ser consultados em www.cm-cartaxo.pt, ou junto dos serviços municipais, na DPAU.

   Fonte: GIC|CMC
12-11-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o