Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O Estado deve deixar de financiar escolas privadas e cooperativas?
Sim
Não
Só escolas privadas
Não sei / talvez
Edição Nº 196 Director: Mário Lopes Quinta, 16 de Fevereiro de 2017
Com terminal em Lisboa
JSD Oeste defende requalificação com alteração do traçado da linha do Oeste
  
       Jorge Faria de Sousa
A JSD Oeste congratula-se pela inclusão da Linha do Oeste no Plano dos Grandes Investimentos em infra estruturas previstos pelo Governo da República, que se estende até 2019, em que se prevê a modernização e eletrificação da Linha do Oeste.

   Contudo, sem dispor de outros elementos mais concretos sobre as intenções do Poder Central, alerta que a intervenção estrutural não passa apenas pela electrificação da linha, mas acima de tudo pela urgente substituição do material circulante, actualmente bastante degradado e obsoleto.

   A JSD Oeste não deixa igualmente de sublinhar, que falar apenas da eletrificação da linha é um investimento que não irá promover o retorno pretendido, tratando-se apenas de mais um adiamento da verdadeira solução do problema.

   A JSD Oeste defende que é fundamental proceder a uma alteração profunda do traçado da Linha do Oeste, uma vez que o percurso existente já não serve os interesses de grande parte da população dos Concelhos do Oeste, não constituindo uma verdadeira alternativa ao uso do transporte rodoviário para quem se desloca para Lisboa precisamente porque a linha termina na Estação do Cacém não promovendo, por esse facto, uma verdadeira integração com a rede ferroviária nacional.

   "Trata-se de um meio de transporte que pode assumir uma importância fundamental para o desenvolvimento da região Oeste, uma vez que permitiria uma maior facilidade na comunicação de pessoas e bens, não apenas com Lisboa, através da construção de um novo trajecto directo, mas também promovendo a interacção com a Linha do Norte, bem como com a cidade de Coimbra e toda a zona centro", afirma o presidente da JSD Oeste, Jorge Faria de Sousa.

   Para a Comissão Política Distrital da JSD Lisboa - Área Oeste, o projeto de requalificação da Linha do Oeste é, por isso, mais do que uma alternativa de mobilidade, uma oportunidade de alavancar a economia regional e facilitar o transporte e escoamento dos produtos oestinos.
16-02-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Obama,the troubleshouter. Trump, the troublemaker
Mário Lopes
OPINIÃO
As pedras não nos traem
Jorge Mangorrinha
"Um Oeste para Jovens?"
Gonçalo Silva
Alzheimer e outras demências: como lidar com as alterações cognitivas e comportamentais
Drª Margarida Rebolo
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o