Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os suspeitos de violência doméstica devem aguardar julgamento em prisão preventiva?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 31 Director: Mário Lopes Sexta, 19 de Maio de 2006
Leiria
Feira de Maio: feira tradicional remonta aos tempos de D. Dinis

 

A criação da Feira de Leiria é atribuída ao rei D. Dinis, que lhe concedeu "Carta de Feira Anual", em 30 de Abril de 1295. Outrora realizada em Agosto, associada às festas da Nossa Senhora da Encarnação, foi posteriormente transferida para Março e mais tarde para Maio, associando-se assim ao feriado concelhio. Este ano, a Feira de Maio, localizada na margem direita do rio Lis, junto à Nova Leiria, teve início no dia 1 e termina no dia 25 de Maio.

Comércio tradicional, marro-quinaria, exposições diversas, espectáculos, doçarias e guloseimas, artesanato e divertimentos variados, são as actividades previstas para a Tradicional Feira de Maio. Segundo Neusa Magalhães, vereadora dos Mercados e Feiras, foram apurados 195 expositores entre 389 candidaturas, seleccionados de acordo com regras pré-estabelecidas e que visam garantir a segurança e higiene dos espaços da feira. Neste sentido, a autarca fez votos de que a feira decorra normalmente, ao contrário do ano passado, em que um infeliz acidente mortal com um carrossel obrigou à suspensão da animação durante uma semana.

Para um bom funcionamento do evento, a organização colocou à disposição dos milhares de utentes da feira três parques de estacionamento: Fonte Quente, Mercado e Rodoviária. Disponível está também um comboio eléctrico, com capacidade para 12 pessoas, que percorre um circuito fechado entre os parques e a feira, podendo ser usado gratuitamente pelos seus utentes. Haverá também mini-bus, que farão a ligação entre a feira e os parques de estacionamento.

Neusa Magalhães anunciou ainda que feira irá mudar de localização, estando a ser ponderada a sua transferência já para o ano que vem. De fora, está a hipótese da Quinta de S. Venâncio, uma vez que os proprietários preferem manter a posse dos terrenos para fazer turismo de habitação. Contudo, a autarquia tem outras hipóteses em estudo, as quais se encontram em análise.

 

A vereadora anunciou ainda o propósito da Câmara de Leiria em fazer feiras temáticas no centro histórico da cidade, dando como exemplo, as flores ou os frutos secos. Este projecto é apoiado em 75% pela Direcção Geral do Comércio, cabendo à autarquia o restante ou seja 20 mil contos. Motivo de júbilo foi o facto do concurso "Leiria Florida" ter tido mais de 500 candidaturas, realçando assim as bonitas varandas e janelas existentes no centro histórico de Leiria.

Neusa Magalhães considerou ainda ser importante uma nova atitude por parte do comércio tradicional, de forma a permitir a sua sobrevivência, nomeadamente, a disposição para abrirem as lojas aos feriados e fins-de-semana, mostrando estar receptiva a receber pedidos de alargamento dos horários das lojas nesses dias.

A vereadora deu ainda conta da actuação dos fiscais do ambiente da autarquia, cuja fiscalização visa impedir a deposição de lixo na via pública, nomeadamente, por parte de lojistas e hipermercados. As multas poderão chegar aos 250 euros.

O horário da feira é das 15 às 24h, nos dias úteis e das 15h à 1h da madrugada, aos feriados e fins-de-semana.

Mário Lopes

19-05-2006
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
Os servos da Justiça
OPINIÃO
Da essência das coisas se extrai arte
Ariano Suassuna: em defesa da cultura popular brasileira
A gestão dos Resíduos Sólidos Urbanos (R.S.U.) no Oeste (IV) - A recolha selectiva
Ser Professor no Novo Milénio (1)
Cistermúsica 2003 - 11º Festival de Música de Alcobaça
O erro imperial de George W. Bush
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o