Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O PS merece ter maioria absoluta nas eleições legislativas?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 70 Director: Mário Lopes Terça, 29 de Agosto de 2006
No âmbito do Festival Medieval Islâmico – Cristão
Exposição “Santarém e o Magreb (970-1578)” com visitas guiadas

        
Igreja de São João de Alporão
Santarém vai ser palco da primeira edição do Festival Medieval Islâmico - Cristão, nos dias 1, 2 e 3 de Setembro, desde as 11 da manhã até noite dentro, no Largo do Seminário, Largo Padre Francisco Nunes da Silva e na Praça II Visconde Serra do Pilar. Durante estes dias irão realizar-se visitas guiadas, com entrada gratuita, à exposição Santarém e o Magreb – Encontro Secular (970-1578), contextualizando, assim, o festival.

             Na antecâmara da exposição os visitantes são recebidos por duas frisas de azulejos que introduzem o tema árabe, enquanto no painel frontal temos uma fresta também com desenhos de inspiração islâmica que permite antecipar um pouco aquilo que a exposição reserva.

              No centro encontra-se 5 grandes pilares do Islão – Oração, Crença, Caridade, Ramadão, Peregrinação. Estes pilares são 5 expositores em acrílico onde estão colocados objectos a eles relevantes, no caso da Oração o Corão. Os visitantes poderão observar o túmulo de D. Duarte de Menezes, obra prima do gótico português, terceiro conde de Viana. Em frente ao túmulo um conjunto de objectos alusivos a D. Duarte de Menezes.

              Mais ao fundo, encontra-se exposto um painel de grandes dimensões que nos dá a ideia daquilo que foi a presença islâmica do século oitavo e doze em Santarém e aquilo que ficou na memória da nossa toponímia, dos nossos nomes. Podem ainda assistir a um pequeno filme sobre a presença islâmica em Santarém. Aproveitando as janelas do altar-mor pode-se ver a cronologia da exposição, que vai desde 970 até à batalha de Alcácer-Quibir, 1578.

             Estão ainda expostos, para além de outros objectos/peças, duas moedas únicas, uma islâmica, um dinar datável de 441 e outra de D. Afonso Henriques, um dinheiro de bunhão. Estas foram encontradas em escavações arqueológicas em Santarém.

             Fonte: Gabinete de Relações Públicas e Comunicação da Câmara Municipal de Santarém

 

 

 

29-08-2006
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
O raio
Elsa Proença
O Ordenamento do Território e a Protecção da Natureza
Eugénio Sequeira
Líbano: Uma Guerra sem Solução?
Paulo Batista Santos
O 150º aniversário do nascimento de Marcelino Mesquita
Paulo Caldas
Líbano
Ricardo Miguel
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o