Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a proposta do PS de quotas para negros e ciganos nas universidades?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 219 Director: Mário Lopes Sexta, 8 de Fevereiro de 2019
Em reunião com a Secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna
Concelhia e deputados do PS questionam MAI sobre a insegurança no concelho de Peniche
  
    Reunião dos deputados e membros da Concelhia do PS
                          com a secretária de Estado
O presidente da Concelhia de Peniche do Partido Socialista, Henrique Estrelinha e o presidente da Junta de Freguesia de Ferrel, Pedro Barata, reuniram com os deputados eleitos pelo círculo eleitoral de Leiria (Margarida Marques, António Sales, Odete João) e com a secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, a propósito da insegurança que se vive no Concelho de Peniche.

   Antes disso, a mesma delegação tinha reunido com o deputado Filipe Neto Brandão, coordenador do PS na 1ª Comissão da Assembleia da República.

   Na sessão da Assembleia Municipal de Peniche, de Setembro de 2018, a bancada do Partido Socialista apresentou uma moção onde alertava os órgãos autárquicos, forças de segurança e o Ministério da Administração Interna sobre os vários assaltos na cidade de Peniche e também os distúrbios no Baleal, na zona de diversão noturna, onde se verificaram dois tiroteios, em duas noites distintas, resultando no indivíduo baleado.

   No decorrer do mês de Dezembro de 2018 e Janeiro deste ano, verificou-se uma onda de assaltos a estabelecimentos comerciais, a pessoas na via pública e em habitações, um casal de idosos agredido violentamente na sua própria casa, o condutor de uma carrinha de distribuição de tabaco foi alvo de tiroteio em plena luz do dia, entre outras situações.

   Perante o que classifica de a inércia do presidente da Câmara Municipal de Peniche, os responsáveis da Concelhia de Peniche do PS decidiram tomar as diligências necessárias e reunir com os responsáveis políticos acima indicados.

   É do conhecimento da autarquia que a esquadra da PSP de Peniche não tem os efetivos necessários para fazer o seu trabalho da melhor forma. Este é o resultado do desinvestimento no recrutamento de novos agentes: em quatros anos e meio, o governo PSD/CDS apenas realizou um recrutamento de novos agentes, enquanto o atual Governo, em três anos, realizou três recrutamentos, preparando-se para abrir um novo processo de recrutamento este ano, tanto na PSP como na GNR. Tendo em conta o desinvestimento no passado, demorará a reposição que é necessária fazer.

Por outro lado, o concelho de Peniche entre os meses de Abril e Outubro tem uma afluência de turistas, que no pico do verão faz triplicar a população residente. Esta situação conduz ao aumento de furtos.

   Acresce o facto de Peniche ter uma população com carências económicas, para além de outros problemas sociais, onde crianças crescem, por vezes, sem perspetiva de futuro.
Preocupa-nos também a venda de estupefacientes em plena luz do dia nas principais ruas da cidade e na praia do Baleal.

   Assim, juntos dos deputados e da secretária de Estado Adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto, a Concelhia do PS exigiiu o aumento do efetivo da PSP na esquadra de Peniche e que sejam dadas as necessárias condições para realizarem o seu trabalho, o aumento do efetivo da PSP e GNR durante a época balnear – reforço sazonal e o conhecimento do ponto de situação da construção do Posto da GNR na Atouguia da Baleia.

   Deputados do PS questionam Governo sobre construção de novo posto da GNR na Autogia da Baleia

   Os deputados do PS eleitos pelo distrito de Leiria, Odete João, Margarida Marques e António Sales, numa missiva dirigida ao ministro da Administração Interna, referem as condições do posto da GNR de Peniche e questionam sobre se o Executivo já tem em sua posse a documentação para a cedência dos terrenos por parte do município para a construção do novo posto na Atouguia da Baleia.

   Na pergunta, enviada ao abrigo do regimento parlamentar, os socialistas recordam que o posto atual “está instalado no centro da cidade, num edifício degradado com mais de cem anos, que há muito não apresenta as condições adequadas para o desempenho da missão de uma força de segurança.”.

   Segundo os parlamentares, a Lei de Programação de Infraestruturas e Equipamentos previa para 2018 o investimento de quinhentos mil euros para a construção do Posto Territorial de Peniche da Guarda Nacional Republicana. “Construir novas instalações foi considerado uma prioridade pelo Ministério da Administração Interna tendo em vista garantir instalações condignas para os militares e total operacionalidade das forças de segurança”, lembram. Recordam também que a Câmara de Peniche disponibilizou um terreno na freguesia da Atouguia da Baleia para a construção de um novo posto. “A deslocalização do posto para a zona rural do concelho visa posicioná-lo estrategicamente na área geográfica de intervenção da GNR”, afirmam.

   Assim, questionam o Governo sobre se a Câmara Municipal de Peniche já entregou ao Ministério da Administração Interna o protocolo de cedência do terreno para a instalação do posto da GNR. Perguntam ainda quais os procedimentos inerentes à construção do novo quartel que estão concluídos e quais os que estão em falta, os passos a dar para o arranque da obra e ainda qual o prazo previsto para a conclusão desta.

   Fonte: PS|Peniche e GP|PS
08-02-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Quebrar a confiança
Luís Guerra Rosa
Morte de peixes no Rio Alcoa e encerramento de balcão bancário em São Martinho do Porto
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o