Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
O Estado deve deixar de financiar escolas privadas e cooperativas?
Sim
Não
Só escolas privadas
Não sei / talvez
Edição Nº 197 Director: Mário Lopes Domingo, 12 de Março de 2017
V Workshop Internacional de Turismo Religioso
Pedro Machado anuncia projeto de valorização dos sítios Património Mundial
  
  
                             Pedro Machado e Paulo Inácio 
 
O presidente do Turismo do Centro, anunciou no dia 9 de março à margem do jantar oficial do V Workshop Internacional de Turismo Religioso no refeitório do Mosteiro de Alcobaça V Workshop Internacional de Turismo Religioso o projeto de valorização dos sítios Património Mundial, cujo investimento comunitário é de dois milhões de euros. Segundo Pedro Machado, o projeto prevê a criação de uma agenda cultural em rede, a qualificação e o aumento da informação ao nível da sinalética nos sítios património mundial e a criação de um conjunto de eventos específicos para cada um dos lugares património mundial, que posteriormente poderá ser visto nos outros locais património mundial e internacionalmente.

   O V Workshop Internacional de Turismo Religioso realizou-se nos dias 9 e 10 de março de 2017 em Fátima. O workshop tem como objetivos promover uma bolsa de contactos de negócio entre os participantes; promover internacionalmente Portugal enquanto destino privilegiado de Turismo Religioso e reforçar a importância do Turismo Religioso no contexto do setor turístico mundial. O evento é destinado aos operadores turísticos internacionais e nacionais e aos empresários do setor da hotelaria e turismo. Marcaram presença no jantar cerca de 300 operadores turísticos nacionais e internacionais, oriundos de 35 países.

   Segundo Pedro Machado este é o “quinto Workshop de Turismo religioso e o maior de sempre. Aquele que reúne 133 buyers, só buyers operadores que vêm comprar, de 35 países e, por isso, fazem deste workshop o maior workshop da Europa em matéria de turismo religioso”.

   Segundo o presidente do Turismo do Centro, este evento é “importante porque estamos na promoção de um dos nossos produtos com maior potencial de crescimento e de internacionalização, a que está associada a marca Fátima, obviamente que está coadjuvada por ser um ano sui generis porque estamos a comemorar as Aparições e o ponto alto é a vinda do Papa Francisco a Portugal e apenas a Fátima.”

   Pedro Machado justificou a realização deste jantar em Alcobaça salientando que “para nós Fátima tem sentido não apenas como porta de entrada mas como um polo difusor dos previsivelmente 7 milhões de visitantes que vai ter no ano de 2017, e onde pontua desde logo, a par de Fátima, o nosso Património Mundial. Alcobaça é um dos expoentes máximos do nosso Património Mundial classificado, Alcobaça tem na sua génese uma das mais bonitas histórias de amor da História de Portugal, que nós queremos valorizar e trazer ao conhecimento destes operadores. Estamos a falar de associar a uma narrativa da venda do destino Centro de Portugal, a mensagem associada ao Turismo Religioso e aquilo que é a história de Portugal e a sua Cultura, e Alcobaça simboliza isso”.

  
     Jantar oficial do V Workshop Internacional de Turismo
   Religioso decorreu no Refeitório do Mosteiro de Alcobaça 
Pedro Machado adianta que “esteve desde início previsto que este seria o espaço privilegiado, o palco principal para o jantar oficial deste congresso. Obviamente que queremos também acompanhar a dinâmica que a Câmara tem vindo a desenvolver e que obviamente está ligada à estratégia do Turismo do Centro de Portugal, quando é um dos municípios pioneiros naquilo que vai ser apresentado brevemente, que é o projeto de valorização dos lugares do Património Mundial. Um projeto que tem 2 milhões de cofinanciamento europeu e nós queremos aproveitar essa facilidade de haver um instrumento financeiro poderoso para promovermos o nosso Património Mundial”.

   Segundo Pedro Machado, “estamos a falar de turismo, estamos a falar da necessidade de criar infraestruturas e condições para aumentarmos as nossas dormidas. O Centro de Portugal conquistou, em 2016, cinco milhões de dormidas. É uma cifra que queremos continuar a aumentar. Existem condições objetivas para aumentar em 2017. E este é o espaço onde está a ser construído aquilo que nós acreditamos que vai ser um espaço de referência ao nível principal hoteleiro nacional. Tem a assinatura de Souto Moura, é um empreendimento que pela primeira vez se faz num local Património da Unesco classificado e é para nós um referencial”.

   Para o responsável, “são estas três grandes dimensões que Alcobaça representa na estratégia do turismo, na valorização do Património Mundial e nesses indicador estruturante para nós que é alavancar uma nova unidade de alojamento de cinco estrelas”.

   Pedro Machado aproveitou a ocasião para anunciar a criação de um projeto de valorização dos lugares do Património Mundial que “prevê a criação de uma agenda cultural em rede, prevê a qualificação e o aumento da informação ao nível da sinalética nos sítios património mundial e prevê a criação de um conjunto de eventos específicos para cada um dos lugares Património Mundial, mas que depois queremos que acabe por rodar por todos os sítios Património Mundial. Obviamente queremos que essa valorização passe depois para um processo maior, financiado para a internacionalização e captação de ações, nomeadamente, como a que hoje estamos a testemunhar”.

   Segundo o presidente do Turismo do Centro “Alcobaça é beneficiária direta deste projecto, a par de Coimbra, Batalha e Tomar do investimento de 2 milhões de euros. Ou seja, ela é beneficiária e vai participar por modo próprio nos dois milões de euros. Não há uma divisão aritmética entre os quatro municípios. Não é esse o sentido. O sentido do projeto é os lugares do património mundial fazem parte de uma rede e essa rede vai financiar as atividades que o município de Alcobaça vai propor no seu espaço património mundial, da mesma forma que o município vai receber, vai ser também possível vermos nos outros sítios Património Mundial”.

   Relativamente à previsão para implementação do projeto, Pedro Machado sublinhou que este “é um projeto que já deveria estar no terreno, eu diria, ontem. A candidatura foi entregue no dia 16 de fevereiro, estamos na fase dos esclarecimentos. Estamos à espera da decisão a qualquer hora”.

   Por sua vez, Paulo Inácio referiu que “este evento é uma grande oportunidade em Alcobaça. Temos na nossa presença dos maiores operadores turísticos religiosos do mundo, são 35 países que estão aqui representados”. O autarca lembra que “em Alcobaça vai abrir-se um novo desafio. Temos a expetativa que seja rapidamente construído o hotel 5 estrelas no Mosteiro. Neste momento estão mais de duas dezenas de trabalhadores a trabalhar no Mosteiro, com esse objetivo.

   Relativamente ao projeto de valorização dos lugares do Património Mundial, Paulo Inácio referiu que “no eixo da candidatura do património da humanidade vamos ter eventos de excelência. Este ano queremos dar, através dessas verbas comunitárias, a oportunidade a grandes iniciativas culturais de agentes locais. Nesse contexto convidámos os SA Marionetas para fazer um grande espetáculo dentro do Mosteiro, que vai ser a pré-feira do São Bernardo. Nos dias 17, 18 e 19 de agosto, inserido no Património da Humanidade vamos ter um mega espetáculo produzido por artistas locais, onde o Município de Alcobaça através desta candidatura vai ter um dos maiores investimentos em termos de espetáculo e será certamente uma oportunidade para que depois esses artistas locais de Alcobaça possam apresentar esse espetáculo pelo País e até a nível internacional”, explicou.

   Mónica Alexandre
12-03-2017
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Dia Mundial da Saúde reforça importância de prevenir a depressão
Dr. Joaquim Cerejeira
Mais “Europa"
Gonçalo Silva
Imagine a sua vida sem Google
Marta Jacinto
Este é o momento
Luís Querido
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o