Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem foi o principal vencedor das eleições para o Parlamento Europeu?
PS
Bloco de Esquerda
PAN
Outro
Edição Nº 84 Director: Mário Lopes Segunda, 15 de Outubro de 2007
Teatro José Lúcio da Silva
Vieux Farka Touré apresenta em Leiria álbum “Festival do Deserto”

     


Cartaz

Vieux Farka Touré (filho do falecido Ali Farka Touré, a maior lenda do blues africano) e os Tinariwen actuam no dia 18 de Outubro às 21h30, no Teatro José Lúcio da Silva. Vieux Farka Touré lança agora o seu primeiro disco onde se podem escutar a kora de Toumani Diabaté e, a guitarra do seu pai, Ali Farka Touré na sua última gravação.Os Tinariwen têm-se destacado desde há dois anos como um dos grupos de maior expressão da chamada world music com tours ininterruptas por todo o mundo (numa delas chegaram a abrir alguns concertos para os Rolling Stones). O disco novo, Aman Iman: Water Is Life é o mote principal deste concerto.

     Vieux Farka Touré (filho do falecido Ali Farka Touré, a maior lenda do blues africano) que se tornou músico contrariando o pai, cedo começou a tocar percussões em bandas locais. Em 1999, entra no National Arts Institute em Bamako para aprender a tocar guitarra (tal como o seu pai). A maneira como se exprime na guitarra (o som que cria, as melodias, os solos) tem deixado alguns dos melhores guitarristas impressionados pelo seu dom: Carlos Santana, Eric Clapton e Ry Cooder são alguns dos seus fãs. Os seus concertos sempre electrizantes onde se combinam as linguagens rock, reggae e pop não têm deixado ninguém indiferente. Lança agora o seu primeiro disco onde se podem escutar a kora de Toumani Diabaté e, a guitarra do seu pai, Ali Farka Touré na sua última gravação.                                                                    

    Os Tinariwen têm-se destacado desde há dois anos a esta parte como um dos grupos de maior expressão da chamada world music com tours ininterruptas por todo o mundo (numa delas chegaram a abrir alguns concertos para os Rolling Stones). O disco novo, Aman Iman: Water Is Life é o mote principal deste concerto, mas por certo iremos escutar temas dos discos anteriores. O som dos Tinariwen navega entre os blues, o jazz, o rock e a música étnica e tal como a maioria do rock que se faz e que sempre se fez, traz uma mensagem a quem ouve: uma mensagem politizada, de alerta, de esperança e de paz. Do seu já grande número de fãs incondicionais encontram-se Thom Yorke (Radiohead), Bono (U2), Robert Plant (Led Zeppelin) e Carlos Santana.

15-10-2007
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
EDITORIAL
A escola da Calçada de Carriche
Mário Lopes
OPINIÃO
Portugal e as Migrações: “Novos e Velhos Desafios”
Henrique Tigo
O Arquitecto Eugénio dos Santos
Luís Rosa
A nova cruz alta de Fátima
D. Serafim Ferreira e Silva
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o