Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda que as autarquias sejam obrigadas a limpar terrenos privados, caso proprietários não o façam?
Sim
Não
Não sei / Talvez
Edição Nº 62 Director: Mário Lopes Sexta, 9 de Dezembro de 2005
Nazaré
Forte de S. Miguel Arcanjo: projecto de drenagem pluvial da Marinha vai avançar na zona

 Forte da Nazaré

O Ministério da Defesa vai dar início aos trabalhos de execução do projecto de drenagem pluvial na zona envolvente ao Forte de S. Miguel Arcanjo, na Nazaré. A medida foi comunicada no dia 5 de Dezembro, durante a reunião do Executivo municipal, que decidiu, por unanimidade, manifestar a sua satisfação pelo facto. O projecto de beneficiação da drenagem pluvial no Forte de S. Miguel foi elaborado pela Marinha, estimando-se o custo de trabalhos em cerca de 93 mil euros. O referido projecto foi enviado para o INAG, que coordenará a totalidade dos trabalhos a realizar.

A Câmara Municipal da Nazaré congratula-se pelo avanço registado no processo de consolidação e salvaguarda do Forte de S. Miguel e da zona envolvente, e disponibiliza-se para colaborar com as entidades responsáveis, no sentido de que as obras tenham início o mais rapidamente possível. A autarquia manifesta ainda a sua vontade de ver avançar também, a curto prazo, um outro aspecto do processo de recuperação daquele monumento, relacionado com os trabalhos de consolidação da arriba.

O Forte S. Miguel Arcanjo, onde funciona o farol de sinalização marítima do promontório da Nazaré, é um exemplar monumento de arquitectura militar maneirista. O seu traçado actual data de 1644, no reinado de D. João IV, embora a fortaleza original tenha sido mandada erigir por D. Sebastião, em 1577.

A erosão a que estão sujeitas as arribas do promontório da Nazaré tem causado a progressiva degradação das estruturas de sustentação do Forte, que ameaça ruir parcialmente. A situação é agravada pela ausência de um sistema de escoamento adequado das águas pluviais. A Câmara Municipal da Nazaré tem vindo, desde há longo tempo, a chamar a atenção das entidades competentes para a degradação deste monumento em particular, e para a instabilidade das arribas em termos gerais, aguardando-se uma intervenção profunda nesta matéria por parte do INAG.


        Fonte: Gabinete de Imprensa e Comunicação da Câmara Municipal da Nazaré

09-12-2005
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Porque apoio Manuel Alegre
Uma segunda volta clarificadora
Voto Jerónimo de Sousa É precisa memória e não ser ingénuo! Ter confiança e muita determinação!
Não dou cavaco
Mensagem do Natal 2005
Porque é feriado dia 8 de Dezembro? Imaculada Conceição de Maria Santíssima
O Pesadelo do Pai Natal
Os Bancos Alimentares Contra a Fome e a Generosidade dos Portugueses
O "meu" Brasil
Restauração da Independência de Portugal
As eleições presidenciais
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o