Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem foi o principal vencedor das eleições para o Parlamento Europeu?
PS
Bloco de Esquerda
PAN
Outro
Edição Nº 222 Director: Mário Lopes Sábado, 1 de Junho de 2019
Projeto social “Face to Face” envolve jovens do Lar Santa Isabel e alunas do CSOL
Orfeão de Leiria reúne jovens e seniores
num espetáculo de dança e teatro
   
                  Orfeão de Leiria
  O projeto social “Face to Face”, dinamizado pelo Orfeão de Leiria | Conservatório de Artes (OLCA), vai levar ao palco jovens do Lar de Santa Isabel, de Leiria, e alunas do Conservatório Sénior do Orfeão de Leira (CSOL), através da peça “Histórias de arremedilhos e de histriões que não sabem arremedar”. O espetáculo, que reúne dança e teatro, será apresentado em primeira mão nas VII Jornadas de Economia Social, com o tema "O papel das artes performativas na inclusão social", no dia 14 de junho, no Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), e no dia 28 de junho dá-se a conhecer à comunidade em geral, a partir das 21h30, no OLCA.

     Acácio de Sousa, presidente do OLCA, explica que «o “Face to Face” é um projeto de caráter social integrado no programa “Incluir com Arte”, do Orfeão de Leiria, que tem como missão promover a inclusão social através das artes». O presidente da instituição considera que «este projeto é particularmente estimulante, pela valorização das aprendizagens e conhecimento mútuo, bem como desenvolvimento de relações sociais entre dois grupos de diferentes faixas etárias».

    A apresentação do projeto “Face to Face” nas VII Jornadas de Economia Social, que decorrem nos dias 13 e 14 de junho, será feita no âmbito do painel “Projetos de Intervenção Artística e Inclusão Social”, que se realiza durante a manhã do segundo dia do evento. A peça “Histórias de arremedilhos e de histriões que não sabem arremedar”, da autoria do Mário Costa, será dada a conhecer aos participantes durante o período da tarde, a partir das 16h00.

    As VII Jornadas de Economia Social destinam-se a dirigentes, profissionais e voluntários de organizações sociais e culturais, assim como a professores e estudantes da área, e têm como objetivo dar a conhecer o estado das artes performativas em matéria de inclusão social. Desta forma a iniciativa pretende contribuir, igualmente, para a disseminação de boas práticas de intervenção artística performativa com a finalidade de incluir grupos socialmente vulneráveis, a nível local, regional e nacional.

    O projeto intergeracional “Face to Face” teve início em outubro de 2018 e ao longo de 14 meses conta com oficinas de teatro e dança, além da realização de um programa de formação, assente em ações de valorização, desenvolvimento pessoal e mentoria, individual e em grupo, entre as alunas do CSOL e as Jovens do Lar Santa Isabel de Leiria. O projeto é financiado pela Fundação Montepio, no âmbito do Programa FACES, e tem como parceiros a Câmara Municipal de Leiria, o Centro Social Paroquial Paulo VI – Lar Santa Isabel e o IPDJ de Leiria.

    Fonte: Midlandcom
01-06-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Sejamos um nadinha mais claros a propósito do admirável mundo novo (da esmagadora maioria) controlado pela IA
Valdemar Rodrigues
A regra é: mover-se mais e sentar-se menos
Dr. Pedro Marques da Silva
Opinião sobre temas da reunião de Câmara do Município de Alcobaça de 13/05/2019
Carlos Bonifácio
Filhos do Tabaco: Crianças condenam cada vez mais o ato de fumar
Drª Ana Raquel Marques
Hipertensão arterial: o que todos devemos saber
Dr. Fernando Pinto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o