Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem vai vencer as eleições presidenciais no Brasil?
Jair Bolsonaro
Fernando Haddad
Edição Nº 211 Director: Mário Lopes Quinta, 2 de Agosto de 2018
Estudo do IPAM indica que 49% dos p
Maioria dos portugueses goza férias na praia
e gasta à volta de 700 euros
     
   Escultura de Rogério Timóteo junto à Câmara Municipal
              de Portalegre, antigo colégio de S. Sebastião
De acordo com o estudo do Instituto Português de Administração e Marketing (IPAM) sobre as principais características das férias dos portugueses, realizado em julho, conclui-se que a praia continua a ser muito valorizada pelos portugueses, nomeadamente para 61% dos inquiridos. Por outro lado, o verão permanece como a estação do ano preferida pelos portugueses para ir de férias, com 87% da população a confirmar que tira férias nos meses de julho, agosto e setembro.

   No que diz respeito ao valor médio que os portugueses planeiam gastar nas férias de 2018, este é de 702€, ligeiramente inferior ao de 2017 (708€). No entanto, para 52% dos casos, este valor será igual ao do ano anterior. O estudo do IPAM apura ainda que 49% dos inquiridos pretende despender parcialmente o subsídio de férias e 36% não o quer fazer.

   Em relação à escolha de local onde passar as férias, 78% dos portugueses indica que sairá do local habitual de residência e os que respondem que não vão sair da área de residência nesta época alegam constrangimentos financeiros. O Algarve continua a ser o grande destino de férias (47%), seguido do Alentejo Litoral (32%) e do Norte Litoral (17%). Os restantes inquiridos dividem-se pelo interior (norte e Alentejo) e centro do país.

   Na escolha do destino, a maioria prefere ficar em Portugal (54,8%), enquanto 25,8% opta por viajar para a Europa, 5% para África e 3% para América do Sul.

   A pesquisa do local de férias, tipo de alojamento e destino de viagens é efetuada online por 67% dos inquiridos e o preço é um fator relevante para 24% da amostra do estudo.
No que diz respeito à diversidade de alojamento, os portugueses revelam ter conhecimento de uma enorme variedade e a preferência recai por hotéis (31%), alojamento local (22%) e aluguer temporário de casa (18%).

   Ficha Técnica do Estudo

   O Estudo foi realizado pelo IPAM – Porto, em julho de 2018, sob a coordenação da Professora Mafalda Ferreira, Doutorada em Psicologia Social pela Universidade de Cádiz. A análise teve lugar, entre os dias 12 de junho e 24 de julho de 2018, e contou com uma amostra de 470 indivíduos, maiores de 18 anos, com as seguintes características: 8,7% da amostra da classe social A, 34,8% da B, 15,3% da C1, 32,6% da classe C2 e 7,6% da classe D. Parte dos inquéritos (25%) foram administrados diretamente através de questionários e 75% foram realizados online.

   Para mais informações sobre o IPAM: www.ipam.pt
Para mais informações sobre o Grupo Laureate: www.laureate.net

   Fonte: CV&A
02-08-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Feira de Santa Iria: que futuro?
Tiago Carrão
Estado da limpeza dos contentores e do Mercado Semanal de Alcobaça
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o