Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Quem vai vencer as eleições presidenciais no Brasil?
Jair Bolsonaro
Fernando Haddad
Edição Nº 211 Director: Mário Lopes Terça, 31 de Julho de 2018
Não é a primeira vez que a fadista se reúne num projeto intercultural luso-judaico
Fadista cadavalense Cláudia Picado convidada para gravar disco em Israel
  
                     Cláudia Picado
A fadista cadavalense Cláudia Picado foi recentemente convidada, pelo conservatório de música árabe-palestiniana, para gravar em Israel, durante o mês de agosto, um disco que pretende cruzar a cultura portuguesa com a de povos do Médio Oriente. Com 18 anos de carreira, a “voz residente” de casas de fado alfacinhas tem ainda na forja o seu próximo disco de originais, onde colaboram figuras de proa da música nacional.

   Foi com grande alegria que Cláudia Picado recebeu o convite provindo de Amer Nakhleh, diretor/manager da Beit Almusica (único conservatório de música árabe-palestiniana reconhecido em Israel) para gravar um disco, durante o mês de agosto, «em que o intercâmbio musical e cultural será predominante», e a ser editado em Israel e distribuído por diversos países, segundo refere a assessoria de imprensa da fadista.

   «Gravar um disco, do outro lado do mundo, com músicos palestinianos, e em Israel, é um desafio e um reconhecimento internacional que muito me honra», acrescenta, por seu turno, Cláudia Picado.

   «Há 10 anos que Beit Almusica acompanha a minha carreira, e sempre com o objetivo comum de nos voltarmos a juntar», refere a artista. «Os esforços foram reunidos, por parte dos músicos palestinianos, e logo para gravar um disco e criar um projeto do qual nascerá, sem dúvida, uma nova expressão artística no intercâmbio cultural e musical entre os dois países», afiança Cláudia.

   Por este motivo, a cantora cadavalense refere ter de adiar o lançamento do seu disco em Portugal, para se dedicar a este projeto. De resto, o seu futuro álbum será «um sonho realizado ao fim de 18 anos a cantar», englobando inéditos de Tozé Brito, Jorge Fernando, Guilherme Banza, Mário Rainho, Tiago Torres da Silva, entre muitos outros reconhecidos autores e compositores.

  
                            Tozé Brito e Cláudia Picado
Por agora, Cláudia aceitou de bom grado o convite internacional que recentemente lhe chegou, indo concentrar-se «com empenho e muita motivação» num projeto intercultural que muito a honra, obtendo, uma vez mais, o reconhecimento da sua arte do outro lado do mundo.

   Segundo atesta a assessoria da artista, «o projeto “Artist Cooperation – Portuguese Fado & ArabicMusic” pretende registar, em atmosfera real, a extraordinária fusão do talento da fadista e de todos os músicos envolvidos neste projeto, onde a cooperação e o intercâmbio musical dos dois países serão desenvolvidos, indo além dos limites da língua e das diferenças culturais.»

   Adianta a mesma fonte que a fadista levará consigo um músico, José Duarte (guitarra portuguesa), e contará ainda com seis músicos palestinianos. «Nascerá uma nova expressão artística no diálogo e mútuo entendimento musical e cultural entre Portugal e a comunidade palestiniana da cidade de Shafa'amr», refere a mesma fonte.

   «A razão pela qual o fado e a música árabe podem encontrar-se e fundir-se, numa nova expressão artística criada neste projeto, não se deve apenas ao talento criativo da cantora e de todos os músicos e compositores, mas também a algumas semelhanças e raízes históricas entre os dois géneros musicais», acrescenta.

   Refira-se, por último, que Cláudia Picado preparou uma surpresa que promete vir a surpreender Amer Nakhleh, levando na sua bagagem um desafio que lançou ao poeta Mário Rainho, que por sua vez aceitou o convite da fadista para compor neste peculiar projeto que vem permitir afirmar o nome do Cadaval e de Portugal.

   Fonte: SCRP|CMC
31-07-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Feira de Santa Iria: que futuro?
Tiago Carrão
Estado da limpeza dos contentores e do Mercado Semanal de Alcobaça
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o