Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Leiria tem condições para ser Capital Europeia da Cultura?
Sim
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 214 Director: Mário Lopes Quinta, 1 de Novembro de 2018
Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais tornou-se uma referência na doçaria nacional
Alcobaça celebra os 20 anos Doces & Licores Conventuais com espetáculo de videomapping
  
        Celso Matos, Inês Silva, Paulo Inácio e Ana Pagará
A comemorar o seu 20º aniversário, a edição de 2018 da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais (15 a 18 de novembro), apresentada esta terça-feira, 27 de outubro, em conferência de imprensa, um novo espetáculo de video mapping alusivo às ancestrais tradições da doçaria conventual. “Uma História Doce” irá transformar os 200 metros da fachada do Mosteiro de Alcobaça numa gigantesca tela onde a história da doçaria conventual do concelho irá ganhar cor e vida. O espetáculo, produzido pelo atelier “O Cubo”, irá contar com a participação da comunidade local, através da Academia de Dança de Alcobaça e da Sociedade Filarmónica Vestiariense “Monsenhor José Cacella”.

   “Este evento ganhou, por mérito próprio, o estatuto de maior montra do concelho de Alcobaça. Ao longo dos últimos 20 anos, a Mostra tem sido um símbolo da excelência da nossa identidade, da nossa história, da nossa cultura e da nossa indústria. Alcobaça e os alcobacenses encaram a Mostra com muito orgulho e o Município irá fazer desta
vigésima edição uma festa com a dimensão e a qualidade que eles merecem”, afirma o presidente da Câmara Municipal de Alcobaça, Paulo Inácio.

   A Mostra decorre em pleno Mosteiro de Alcobaça, eleito pela UNESCO Património da Humanidade e uma das Sete Maravilhas de Portugal, onde se pode degustar o melhor do receituário conventual não só de Alcobaça, mas, também, de outros mosteiros, conventos e pastelarias, nacionais e internacionais. Traz anualmente, à cidade de Alcobaça, dezenas de participantes e milhares de visitantes. Um enorme sucesso assente no respeito pelo legado da cultura cisterciense.

   O espetáculo de vídeo mapping está inserido na operação “Lugares Património Mundial do Centro” promovida e coordenada pela Turismo Centro de Portugal em colaboração com os municípios de Alcobaça, da Batalha, de Coimbra e de Tomar, a Universidade de Coimbra e em parceria com o Ministério da Cultura, através da Direção Geral do Património Cultural e da Direção regional de Cultura do Centro. Este projeto conta ainda com a parceria estratégica da Comissão de Coordenação Regional da Região de Centro, sendo um projeto cofinanciado no âmbito do programa Centro 2020.

   Fonte: GRPP|CMA
01-11-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Pela Conclusão da IC3/A13
Tiago Carrão
Posição do CDS sobre os documentos previsionais do Municipio de Alcobaça para 2019
Carlos Bonifácio
A vacinação reduz o número de casos e de mortes por pneumonia
Dr. Vasco Barreto
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o