Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Concorda com a legalização da eutanásia?
Sim
Não
Não sei/talvez
Edição Nº 227 Director: Mário Lopes Sexta, 27 de Dezembro de 2019
Cuidados de Saúde Primários alargam horário de funcionamento na época natalícia
Centro Hospitalar de Leiria pede aos utentes: recorram à Urgência só em casos urgentes
   
               Urgência Geral do Hospital de Santo André
O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) reforça apelo para que os utentes recorram primeiro aos Cuidados de Saúde Primários, e venham à Urgência apenas em casos urgentes. Para dar resposta efetiva aos utentes que necessitam de cuidados de saúde, durante a época natalícia serão alargados os horários nos dias 31 de dezembro e no dia 1 de janeiro, nos seguintes centros de saúde: Consulta Aberta nos Centros de Saúde Dr. Gorjão Henriques e Dr. Arnaldo Sampaio entre as 9h00 e as 13h00; Consulta Aberta no Centro de Saúde de Porto de Mós, entre as 8h00 e as 14h00; e o Serviço de Atendimento Permanente da Marinha Grande estará disponível 24 horas.

    O CHL e o ACES Pinhal Litoral estão empenhados em aplicar medidas extraordinárias para assegurar a resposta aos utentes neste período gripal, que gera uma grande afluência às urgências hospitalares. A Administração Regional de Saúde do Centro implementou no final de outubro um plano de reforço para resposta à epidemia da gripe, que preconiza a alteração e cancelamento de consultas para prestar cuidados imediatos aos utentes em situações de doença aguda, consoante o número pré-definido de casos de gripe, bem como o alargamento dos horários de funcionamento dos centros de cuidados de saúde primários.

   O CHL sensibiliza os utentes não urgentes para recorrerem à linha saúde SNS 24 (808 24 24 24), disponível para esclarecer as dúvidas dos utentes, e encaminhá-los se necessário, 24 horas por dia, todos os dias, e aos cuidados primários. Caso haja essa necessidade, estes doentes serão encaminhados ao Hospital, onde terão prioridade de atendimento dentro do seu grau de urgência, e estarão isentos de taxas moderadoras.

    Para prevenir as infeções respiratórias, para além da vacinação contra a gripe, são essenciais a higiene das mãos, a etiqueta respiratória (tossir ou espirrar para um lenço descartável ou para o antebraço) e no caso de estar infetado aconselha-se o distanciamento social.

    Fonte: Midlandcom
27-12-2019
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Acesso Universal aos Cuidados para a Saúde da Visão em Portugal: O que Falhou?
Dr. Raúl de Sousa
Taxa de mortalidade por doença cardiovascular: diminuição ou ilusão?
Dr. Luís Negrão
Comemorar Dezembro como o mês da Medicina Interna!
Dr. João Araújo Correia
A arritmia que pode causar um AVC
Dr. Ernesto Carvalho
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o