Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Como classifica o número de turistas estrangeiros em Portugal?
Excessivo
Bom
Insuficiente
Não sei
Edição Nº 210 Director: Mário Lopes Terça, 5 de Junho de 2018
A cargo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Nazaré
Equipa de Intervenção Permanente da Nazaré entrou em funções nos Bombeiros
  
Walter Chicharro com a Equipa de Intervenção Permanente
A prontidão na resposta às ocorrências que impliquem intervenções de socorro às populações e de defesa dos seus bens, designadamente em caso de incêndio, inundações, desabamentos, abalroamentos, naufrágios, ou outras intervenções no âmbito da proteção civil são algumas das suas funções.

   Destacando a importância das EIP, o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Nazaré, Joaquim Morais, refere que, com a criação desta equipa, “passam a existir cinco bombeiros em permanência no quartel para ocorrer a qualquer urgência e emergência”.

   “Faz a diferença em tudo, quando aparece uma solicitação, a resposta é imediata, ou seja, é a prontidão ao minuto. A segurança e a resposta ao cidadão passam a ser muito maiores”, afirmou, esclarecendo que uma Equipa de Intervenção Permanente não serve apenas para dar resposta aos incêndios, mas a tudo o que é urgência e emergência”.

   Composta por cinco elementos em regime de permanência que têm como missão assegurar serviços de combate aos incêndios; de socorro à população local em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes ou catástrofes; socorro a náufragos; socorro complementar, em segunda intervenção, desencarceramento ou apoio a sinistrados no âmbito da urgência pré – hospitalar; minimização de riscos em situações de previsão ou ocorrência de acidente grave; e colaboração em outras atividades de proteção civil, no âmbito do exercício das funções específicas que são cometidas aos corpos de bombeiros.

   “Eles podem ir ao incêndio numa primeira intervenção, logo que chegue o reforço. Estas equipas são para estar em permanência no quartel, para acorrer a todas as urgências que surjam”, explica João Paulo Estrelinha, comandante da Corporação, acrescentando que estas equipas foram criadas “para dar segurança ao cidadão”.

   O comandante reforça ainda a colaboração da Câmara na criação desta equipa, elogiando o empenho do executivo. “Sem a boa vontade do Presidente da Câmara, a implementação desta medida de segurança para todos não teria sido possível”.

   Os custos com a Equipa de Intervenção Permanente serão suportados, em partes iguais, pela Autarquia e Autoridade Nacional de Proteção Civil.

   “Aquando da entrada em funções deste projeto não havia apoio à corporação de Bombeiros. Não existia uma fita nem um Serviço Municipal de Proteção Civil. Quatro anos passados, o Município possui meios de intervenção muito melhores, uma equipa de vigilância de praia, estando também instalada uma equipa de intervenção permanente, que terá como prioridade as ações preventivas, mas também capacidade de intervenção imediata”, refere Orlando Rodrigues, responsável pela Proteção Civil Municipal, acrescentando: “Hoje o concelho da Nazaré está mais seguro”.

   O presidente a Câmara Municipal destaca, por seu lado, a relevância da equipa para a prestação de um melhor serviço à população. “A Câmara oficializou este desejo de constituir uma EIP em junho de 2017, antes de ter acontecido uma das maiores devastações de que existe registo no âmbito dos incêndios florestais em Portugal”.

   “É muito importante ter esta equipa para uma primeira linha de ataque ao problema. Esta resulta de uma parceria entre a Câmara da Nazaré, Bombeiros Voluntários da Nazaré e Associação Nacional de Proteção Civil. Trata-se de uma aposta no reforço da capacidade de resposta dos Bombeiros da vila”, disse Walter Chicharro.

   Fonte: SML|GC|CMN
05-06-2018
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Das "crises" do estado-empresa e da empresa-estado
Valdemar J. Rodrigues
O pólen e o Centro de “Boas Vindas” no Mercado Municipal
Carlos Bonifácio
Não gosto de “certa” linguagem…
Fleming de Oliveira
Doença mental aumenta dependência do tabaco
Drª Tânia Silva
Pressão arterial alta é fator de risco para o enfarte
Dr. Pedro Farto e Abreu
Fumadores têm maior risco de desenvolver demência
Manuela Morais
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o