Google
Mantenha-se actualizado.
Subscreva a nossa RSS
Twitter Tinta Fresca
Os espectadores de futebol devem poder regressar aos estádios?
Sim, com restrições
Não
Não sei / talvez
Edição Nº 237 Director: Mário Lopes Segunda, 5 de Outubro de 2020
Volta a Portugal Edição Especial Jogos Santa Casa
Amaro Antunes conquista a Volta a Portugal
com um 7º lugar no contrarrelógio em Lisboa
   
            Amaro Antunes conquista a sua 1ª Volta a Portugal
A W52-FC Porto desceu esta segunda-feira, dia 5 de outubro, a Lisboa para comemorar um triunfo duplo na Volta a Portugal Edição Especial Jogos Santa Casa. Amaro Antunes confirmou a conquista da Camisola Amarela e Gustavo César Veloso impôs-se na oitava e última etapa, um contrarrelógio individual de 17,7 quilómetros, disputado na capital.

   As derradeiras pedaladas confirmaram o favoritismo portista. Gustavo César Veloso puxou dos galões de contrarrelogista e, depois de abrir a Volta a ganhar o prólogo, fechou a corrida impondo-se no contrarrelógio lisboeta. O galego completou o exercício individual em 21m34s, à média de 49,243 km/h. António Carvalho (Efapel) foi o segundo mais rápido, a 8 segundos, e o francês Anthony Delaplace (Team Arkéa Samsic) fechou o pódio da jornada, a 17 segundos.

   O algarvio Amaro Antunes, não sendo contrarrelogista, defendeu-se da melhor forma, selando a conquista da Camisola Amarela Jogos Santa Casa, graças ao sétimo tempo na etapa, a 31 segundos do vencedor. Frederico Figueiredo (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel) começou a jornada no segundo lugar da geral, mas o 26.º lugar na etapa, a 1m10s de Gustavo César Veloso, fê-lo trocar de posição com o galego.

   Amaro Antunes concluiu a Volta a Portugal Edição Especial Jogos Santa Casa com 29h28m57s, menos 42 segundos do que Gustavo César Veloso e menos 52 segundos do que Frederico Figueiredo, que completaram o pódio.

   “Saí a lutar pelo contrarrelógio, mas também para tentar ganhar a Volta. Sabia que o Amaro estava forte e que o crono era curto, não permitia fazer muitas diferenças. Consegui vencer a etapa e a equipa conseguiu primeiro e segundo na geral. É a melhor maneira de dignificar os patrocinadores que, numa época tão complicada, continuaram a dar-nos apoio. Anunciou que vou correr mais um ano, porque nesta Volta nem sequer pudemos conviver com os adeptos”, explicou Gustavo César Veloso.

   A Volta a Portugal Edição Especial Jogos Santa Casa teve três dias que se revelaram essenciais na definição do pódio. Gustavo César Veloso aproveitou o prólogo e o contrarrelógio para se colocar na segunda posição. Amaro Antunes e Frederico Figueiredo desferiram um golpe na concorrência na etapa da Senhora da Graça. A regularidade do algarvio entre a montanha e o contrarrelógio valeu-lhe a Camisola Amarela, ao passo que a fragilidade do chefe-de-fila dos tavirenses no contrarrelógio empurrou-o para o terceiro posto final.

    “Finalmente posso respirar de alívio. Foram dias de muita tensão, mas senti-me sempre confiante devido ao grupo que tinha em meu redor. Os meus colegas deram tudo por mim. À partida para o contrarrelógio só pensava em retribuir todo esse trabalho. Tenho vindo a fazer um percurso muito bonito, tem-me faltado um pouco de sorte. Mas quando fazemos as coisas bem e praticamos o bem, a recompensa acaba por chegar. Sinto-me realizado. Acima de tudo quero dedicar a vitória à minha mãe e a todo o grupo de trabalho”, afirmou Amaro Antunes, na hora da consagração.

    Dois portugueses deram cartas em outras tantas classificações, chegando ao último dia com duas vitórias já garantidas. Luís Gomes (Kelly-Simoldes-UDO) leva para casa a Camisola Vermelha Cofidis, dos pontos, e Hugo Nunes (Rádio Popular-Boavista) é o dono da Camisola Branca e Vermelha Fidelidade, da montanha. O britânico Simon Carr (Nippo Delko Provence) conquistou a Camisola Branca IPDJ, da juventude. A W52-FC Porto juntou o triunfo coletivo ao individual, diante da Rádio Popular-Boavista e da Efapel.

    Fonte: UVP|FPC
05-10-2020
« Voltar

Comentários

Nome:*
Email:*
Comentário:*

* Obrigatório
Ao comentar aceita automaticamente a
política de utilização deste portal.
Para que o seu comentário seja válido deve preencher todos os campos acima indicados como obrigatórios. O email é usado apenas para efeitos de verificação e não será exibido com o comentário. Os comentários deste portal são moderados, pelo que são sujeitos a verificação antes de serem publicados. Não serão aceites comentários de carácter insultuoso, discriminatório, racista ou spam.
Pesquisar
Ed. Anteriores
Contactos
Newsletter
 
Cartas ao Director
Blogue Tinta Fresca
Blogues
Sítios Úteis
 
OPINIÃO
Estrada Nacional Nº 1
Nuno Catita
Alcobaça e o Futuro
Rui Alexandre
Dever de informar
Carlos Bonifácio
 

Projecto Co-Financiado por  Promotor  Desenvolvimento
Acessibilidade [Alt + D seguido de ENTER] D  POS_Conhecimento
FEDER União Europeia
FEDER
Associa��o de Munic�pios do Oeste Makewise - Engenharia de Sistemas de Informa��o